Os Contos de Beedle, o Bardo

Imagem retirada do site submarino.com.br
Imagem retirada do site submarino.com.br

Olá bruxos e bruxas, venho aqui hoje fechar as dicas de livros complementares da série de livros Harry Potter. Este livro é mais conhecido que os outros dois que postamos antes, talvez pela amplitude que teve por ser mencionado no sétimo livro e ter um envolvimento muito grande e significativo para a história.

Os Contos de Beedle, o Bardo são histórias contadas para crianças bruxas, assim como os trouxas contam histórias de princesas, maçã envenenada, sapato de cristal e muitas outras.

Só que eles não são como os contos de fada dos trouxas.

Primeiro porque nos contos trouxas geralmente é a magia que faz mal aos personagens como, por exemplo, transformar o príncipe em uma Fera, fazer a princesa dormir por cem anos, entre outros, mesmo que a magia às vezes ajude no decorrer da história como transformar abóbora em carruagem, ratos em cavalos e salvar a noite de uma princesa. Nos contos dos bruxos não há o viveram felizes para sempre, apaixonados e blá blá blá. O que tem de igual é que a virtude normalmente é premiada e o vício é castigado. A história passa uma lição.

Este livro foi traduzido das runas originais por ninguém menos que Hermione Granger. Os contos do livro são muito legais, dá pra imaginar os pais bruxos contando esses tipos de história para seus filhos para que eles aprendam o que é certo e o que é errado.

São cinco contos ao todo:

– O Bruxo e o Caldeirão Saltitante
– A Fonte da Sorte
– O Coração Peludo do Mago
– Babbitty, a Coelha, e seu Toco Gargalhante
– O Conto dos Três Irmãos

Sim, este último é o tão famoso conto que conhecemos em Harry Potter e as Relíquias da Morte.

Um percentual das vendas desses livros é doado ao Children’s High Level Group, que em 2010 teve o nome alterado para Lumos, uma instituição beneficente criada por J.K. Rowling e Emma Nicholson.

Indico muito esse livro que, assim como Animais Fantásticos e Onde Habitam e Quadribol Através dos Séculos, mata um pouco a saudade dos livros da série e mais uma vez acrescenta aquele tom a mais de realidade às historias.

Juro pra você que eu ainda me pergunto como J.K. Rowling conseguiu criar um mundo assim totalmente acreditável. É como se ela tivesse ido para esse mundo, tivesse vivenciado tudo e resolveu escrever o que lemos nos livros. Será? Hahahaha

Esses livros complementares só reforçam essa ideia de realidade. Que fã nunca esperou que sua carta de Hogwarts chegasse? Que fã nunca pegou um graveto e fingiu ser uma varinha? E o desejo de aparatar então? Mesmo que esse mundo não exista de verdade, sei que ele existe na imaginação de milhares de pessoas e acho isso incrível. Muito obrigado J.K. Rowling!

Vou terminar o post por aqui porque ta batendo uma saudade muito grande.

Por favor, sintam-se à vontade para deixar comentário, opinião, sugestão.

Para entrar em contato é só enviar um email para culturaproximaleitura@gmail.com.

Obrigado pela atenção e por acompanharem nosso blog.

Até o próximo post

Compare os preços deste livro clicando aqui
Ou veja o preço na loja de sua preferência:
Saraiva Submarino
JP
JP
Especificações Técnicas

Especificações técnicas:

ISBN: 8532516017

ISBN-13: 9788532516015

Idioma: português

Encadernação: Brochura

Edição:

Ano de Lançamento: 2008

Número de páginas: 128

Editora: Rocco

Fonte: Livraria Cultura 

JP

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.
JP

Últimos posts por JP (exibir todos)

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.

Um comentário em “Os Contos de Beedle, o Bardo

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!