Trilogia Jogos Vorazes: A Esperança – Livro 3

Atenção: Este conteúdo contém spoilers dos primeiros dois livros da trilogia.

Hoje estou aqui para falar do último livro da série Jogos Vorazes: A Esperança.

Para quem leu o segundo livro, deve estar desesperado para ler a continuação! Ficou meio confuso o final, não é mesmo? Acredito que tenha sido um jogo de marketing da autora, porque este é um dos livros que eu mais fiquei curiosa para ler, o “to be continued” e posteriormente o “Grand Finale”

Acontece que apesar de ser o primeiro livro da série que me senti motivada a ler sem opinião de outras pessoas (não foi dessa vez João), eu… como posso dizer? eu me decepcionei bastante com ele. Foi tipo um banho de água gelada.

Não estou dizendo que a história é ruim, ahh não é mesmo, mas acontece que eu esperava certas coisas que no final acabaram por acontecer de outra maneira totalmente – TOTALMENTE – diferente do que eu quis.

Mas não se desanime, por favor, eu não quero isso. Apesar de não ter gostado, teve gente que amou, que não esperava menos e várias outras opiniões positivas. Pegue o caso do nosso querido João, ele gostou! Então é por isso que você poderia ler, para que consiga analisar pelo seu ponto de vista, e não somente pelo meu, que pode ser o errado, talvez.

Chega de falar disso e vamos ao que interessa, a resenha do livro.

Bem, o livro começa com uma Katniss devastada, afinal, o distrito pelo qual ofereceu a vida, DUAS vezes, está destruído, nada mais restou. Ela se vê em uma situação bem pior da que passara desde sempre. Agora ela está no meio de uma rebelião e pior de tudo, está em um distrito que sempre pensou estar, há muito, perdido. Mas “só que não”, como dizem por aí, e acredite se quiser, este distrito vem planejando um levante contra a Capital muito tempo antes de Katniss ter se voltado contra as regras estipuladas nos Jogos Vorazes, o que os motivou a dar o primeiro passo. E agora é oficial, os distritos estão se voltando contra a Capital e nossa Katniss está no meio de tudo isso, atuando como um Tordo, o símbolo da revolução, participando de várias propagandas de incentivo a este ato rebelde. Então ela, no Distrito 13, encontra sua família e Gale, que iniciam seus treinamentos para o exército rebelde, liderado pela presidente Coin (uma mau-caráter de olhos juntos, para não dizer outra coisa).

E começam a viajar por entre os distritos e a tomá-los. Ah sim!! Se lembra que o Peeta, a Johanna e a Enobaria tinham sido capturados pela Capital? Então, a presidente Coin manda resgatá-los, só que nosso herói gato não está agindo como um herói gato que nós tanto gostamos, mas digamos que ele tem cura.

Depois que todos os distritos são tomados, os rebeldes chegam, finalmente, à Capital, para enfrentarem o Presidente Snow, aí você pensa “aquele povo de lá tem um cérebro do tamanho de uma ervilha, então devem estar a favor do presidente!!” Eu diria para reaver seus julgamentos, pois há muitos da Capital que querem ver o da barba branca cair, e são esses que ajudam Katniss a solucionar o problema que leva ao desfecho desta história.

Muitas coisas ainda acontecem, coisas ruins, péssimas, horríveis e boas, de certa forma, enquanto eles estão na Capital. Tem um boato rolando que a última edição dos Jogos Vorazes pode ser realizada, mas com regras rebeldes na arena. Será que é verdade? Só lendo o livro pra saber.

Viu só? A resenha não é tão ruim, certo? Então por que não ler? Quem sabe você não tenha a opinião igual a do JP? Ou igual a minha, que esperava um livro que me fizesse dizer: “uau”, “Ow”, “Iuppii” e não que me fizesse dizer: “hã?” “why Jesus, why?”, “como assim?” o.O

Mas tirando os desapontamentos que tive, não posso reclamar que mais uma vez a autora conseguiu me prender do começo ao fim, enquanto não acabou eu não consegui parar de ler! Quer saber se eu gostei de alguma parte? Sim, eu gostei do final, foi bonitinho e bem aliviante, eu gostei.

Com quem será que Katniss fica no final? Será que neste fogo cruzado, com vidas em jogo, ela irá perder alguém? A Capital e os distritos vão se ver livres de um governo tão ditador? Quer saber mais? Só lendo pra ver!!!

Isso é tudo, Espero que seja uma PRÓXIMA leitura agradável. Comentários, críticas, sugestões? Se quiser entrar em contato, email: culturaproximaleitura@gmail.com

Deixe sua opinião se você já leu esse livro. Sua opinião é realmente de muito interesse para nós.

Obrigada mais uma vez,

Compare os preços deste livro clicando aqui
Ou veja o preço na loja de sua preferência:
Cultura Saraiva Submarino
Bruu
Bruu

Especificações Técnicas

Especificações técnicas:

ISBN: 8579800862

ISBN-13: 9788579800863

Idioma: português

Encadernação: Brochura

Edição:

Ano de Lançamento: 2011

Número de páginas: 424

Editora: Rocco

Fonte: Livraria Cultura

Bruu

Bruu

Viciada em leitura, mas apaixonada por números, o ápice da contrariedade. Tem uma queda maior por romances e finais felizes, mas ama as lágrimas que os livros de drama causam. A meta do ano é publicar um livro próprio. A meta da vida é viver e ler, mesmo quando não puder mais.
Bruu

Bruu

Viciada em leitura, mas apaixonada por números, o ápice da contrariedade. Tem uma queda maior por romances e finais felizes, mas ama as lágrimas que os livros de drama causam. A meta do ano é publicar um livro próprio. A meta da vida é viver e ler, mesmo quando não puder mais.

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!