Trilogia Divergente: Convergente

Oi, pessoal! Aproveitando o carnaval? Vai uma dica de Próxima Leitura aí?

Então, eu estava esperando ansiosamente o livro Convergente sair porque queria logo saber o desfecho da trilogia. Eis que anteciparam o lançamento e, depois de passar vários dias visitando a Livraria Cultura para saber se o livro já tinha chegado, dia 25 ele estava na minha mochila indo embora comigo \o/

Então vamos falar dele? Preciso avisar antes que esse post contém spoilers dos primeiros livros, caso você não queira ter conhecimento dessas informações não continue a ler ok? Bom, dito isso, podemos começar.

O livro Insurgente teve um final muito Ai-meu-deus-cade-o-terceiro-livro-agora? Não teve? Para aqueles que não lembram, o livro acaba com uma revelação bombástica, que dizia mais ou menos assim: a cidade onde vocês vivem é uma cidade fechada do mundo real, do outro lado da cerca onde vocês vivem há um mundo que vocês desconhecem. Vocês foram colocados aí para que pudessem ser pessoas do bem e as facções foram criadas com esse propósito para que vocês possam melhorar o mundo aqui fora. Quando vocês tiverem um número considerável de pessoas Divergentes a Amizade iria abrir os portões para que eles pudessem sair para o mundo real.

Era alguma coisa assim né? Pois então! Imagine você vivendo em um mundo com seus costumes, achando que tudo o que você conhece é daquela forma e de repente alguém te fala ‘então, o mundo não é nada disso’. No livro Convergente, último livro da Trilogia Divergente, a continuação é de tirar o folego.

Logo no começo você já nota algo bem diferente. O livro começa com “Capítulo 1 – Tris”. Depois “Capítulo 2 – Tobias”. Os dois primeiros livros (Divergente e Insurgente) são na visão da Tris apenas. Aí eu já fiquei me perguntando ‘o que tem nesse livro que foi preciso colocar o Tobias, também conhecido como Quatro, pra narrar a história?’ ‘ o que eles vão aprontar dessa vez?’. E eu não vou contar hahahaha. Talvez eu conte mais ou menos.

Capítulo 1 - Tris
Capítulo 1 – Tris
Capítulo 2 - Tobias
Capítulo 2 – Tobias

Depois do vídeo com Edith Prior revelando aquele segredo, Tris deseja sair da cidade onde vive para saber o que existe do outro lado da cerca. Mas Evelyn, mãe de Tobias e líder dos Sem Facção, é quem governa a cidade agora. As facções (Abnegação, Audácia, Amizade, Franqueza, Erudição) deixaram de existir e ela não quer que as pessoas deixem a cidade.

É aí que surge um novo grupo: os Leais. Os Leais são contra a nova forma de governo que fez com que as facções acabassem e que fez com que tudo virasse uma bagunça sem facção. De uma forma muito estranha e até assustadora no início (que te faz pensar ‘mas de novo?’), os Leais chamam Tris para se juntar a eles. Eles querem deixar a cidade e descobrir o que acontece do lado de fora.

Tris vai ao encontro dos Leais e eles formam um plano para sair da cidade. Um grupo é formado para que isso seja possível. Dentre os integrantes encontra-se Tobias, é claro. Ele foi com a Tris ao encontro dos Leais. Junto com Tris e Tobias, vão também Peter (sim, o Peter!), Caleb, Christina, Cara, Uriah e Tori.

Após alguns acontecimentos e imprevistos o grupo se vê do lado de fora da cerca e se depara com uma realidade totalmente diferente da que viviam. Nem tudo o que foi dito no vídeo era verdade. Em quem confiar agora? Algumas coisas são esclarecidas, mas será que estão dizendo a verdade para eles? O que de fato está acontecendo?

Agora a guerra não é somente dentro da cidade fechada onde eles moravam. Também existe uma guerra do lado de fora. Tris e Tobias terão que fazer o possível e o impossível para que vidas sejam poupadas e colocarão suas próprias vidas em risco. Eles agora têm que pôr um fim nas duas guerras. A questão é: como?

Se você pensava que o soro utilizado pela Jeanine que controlava as pessoas era algo ruim, espere para ver os soros que eles descobrem nesse livro. Falando em descobertas, Tris irá descobrir mais sobre o passado de sua mãe, segredos serão desvendados, ficaremos entre verdades e mentiras, vidas serão colocadas em risco e, como acontece em guerras, algumas serão perdidas.

Pra mim foi uma leitura muito rápida e tranquila, do tipo de livro que você pega pra ler e nem se dá conta de que o tempo ta passando e de repente você vê que leu mais de 100 páginas. Veronica Roth sabe como prender o leitor. Falando nela, como eu disse na legenda da foto que postei no Instagram do site, preciso muito marcar um encontro com ela e discutir alguns assuntos. Não está entendendo? Leia o livro e você vai entender. Se quiser, depois que ler, conte aqui o que você achou. Me fala se você quer ir comigo nesse encontro com ela hahahahaha.

Não esqueçam que esse ano sai o filme do primeiro livro, Divergente. Temos um post aqui (do qual eu não me orgulho muito, acho que ficou ruinzinho porque falei dos dois livros em um post só e acho que poderia ter sido melhor, enfim…) se quiser ler, é só clicar aqui.

Para vocês fãs que já estão sofrendo com o fim da Trilogia Divergente: eu li no blog da autora que ela está escrevendo um livro (que na verdade seriam 4, mas os quatro vão virar um só) que são na visão de Tobias. Pelo o que eu entendi, eles contam sobre a iniciação dele e coisas que aconteceram com ele antes de ele conhecer a Tris. O nome do livro, ainda sem tradução no Brasil, é Four: A Divergent Collection. Ela disse que terá mais ou menos umas 280 páginas e será lançado nos EUA em julho deste ano. Ficaram mais animados? E se eu falar que também tem uma cena do livro Divergente contada por ninguém menos que Tobias? Vamos aguardar mais novidades né?

Obrigado por acompanharem nosso blog! Até o próximo post. 

Compare os preços deste livro clicando aqui.
Ou veja o preço na loja de sua preferência:
Cultura Saraiva Submarino
JP
JP
Especificações Técnicas

Especificações técnicas:

ISBN: 8579801869

ISBN-13: 9788579801860

Idioma: português

Encadernação: Brochura

Edição:

Ano de Lançamento: 2014

Número de páginas: 528

Editora: Rocco

Fonte: Livraria Cultura

Pesquisas recentes:

trilogia divergente, divergente trilogia, trilogia convergente, convergente divergente o livro para ler por aqui, o que vem depois de divergente, oq tem do lado de fora de divergente, oq tem do outro lado da cer, qual filme vem depois do divergente ?, qual sao or filmes depois se divergente, quem sao os leais em convergente
JP

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.
JP

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.

Um comentário em “Trilogia Divergente: Convergente

  • 21 de agosto de 2015 em 13:42
    Permalink

    Bom.. pra falar a verdade me surpreendi com o “mundo futurista” criado pela autora, mas, de verdade, não gostei, não sei se fui a única mas parece que não encaixa muito bem… simplesmente não faz sentido! Ela realmente conseguiu desenvolver bem Divergente e Insurgente.. mas Convergente é patético! Não é nem pelo final, que quem leu sabe, rsrs, mas sim pela falta de sentido em tudo! Decepcionante

    Resposta

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!