Ouran Koukou Host Club (桜蘭高校ホスト部)

Imagem retirada do site gunpla-inochi.com
Imagem retirada do site gunpla-inochi.com

Olá pessoal!

Tudo bem?

Me desculpem pela demora para postar de sexta-feira!
Trouxe aqui uma indicação um pouco diferente, primeiro post que vai abrir a nossa categoria de Mangás, Animes e Doramas :)
Alguém aqui curte? :D
Para quem gosta… #TemQue ;D

Ouran Koukou Host Club – Hatori Bisuko (桜蘭高校ホスト部 – 葉鳥ビスコ)

“A Academia Privada Ouran é definida em primeiro lugar pelas famílias de prestígio e em segundo pela riqueza.
Indivíduos ricos possuem muito tempo livre.
Assim sendo, esse é o Clube Ouran de Anfitriões com belos garotos que passam seu tempo, dando hospitalidade para amáveis damas que também passam seu tempo se beneficiando disto.
Um elegante jogo exclusivo e somente para escola de Super Ricos.”

Esse é o dizer no início do mangá, anime e dorama. Deu para ter uma leve ideia de onde e como é?  Vamos continuar.

Nossa fofíssima personagem principal é Fujioka Haruhi. Haruhi estuda no Colégio Ouran (a Academia Privada Ouran). Ela é de uma família humilde, prestou uma prova de bolsa, e por ser bem dedicada e estudiosa, conseguiu entrar no Ouran como bolsista.

Ouran é onde somente estudam os filhos de grandes empresários internacionais, ou filhos dos empresários que dominam o território japonês em determinado setor. Ou seja, de pessoas absurdamente ricas, porém são também aquelas que, sobre pressão de família e para manter sua imagem diante da sociedade e expectativas dos outros, convivem com algumas dificuldades e até complexos.

Em meio a isto, Haruhi não liga para aparências e antes do início das aulas tinha cabelos longos e usava lente de contato, mas por um acidente acaba tendo que cortar o cabelo curtinho e usar óculos. (hahha fato importante para o primeiro capítulo/episódio).

Um dia Haruhi está à procura de um lugar para estudar, as 3 grandes bibliotecas estão lotadas de alunos conversando (isso é HORRÍVEL né?!) e, à procura de um lugar mais silencioso, vai à  sala de música que não está sendo usada para aulas. Porém ao abrir a porta descobre que a sala está sendo usada por um club de anfitriões de 6 membros…
Suou Tamaki – O tipo príncipe, chefe do club. Ele é feliz, muito feliz e empolgado, otimista que chega a irritar os que não o conhecem. Mas em situações sérias e delicadas, ele é quem está ali para apoiar quem precisa. Filho do reitor de Ouran…. pois é!

Ootori Kyouya – O tipo cool, foi com ele que Tamaki constituiu o grupo. É ele que administra tudo do grupo, desde finanças até… tudo… hahhha. Conhecido como o Rei das Sombras.

Gêmeos Hitachiin: Hikaru e Kaoru – O tipo malvadinho… Fazem cenas de irmãos apaixonados para chamar atenção de meninas. Eles são aqueles gêmeos idênticos e desde pequenos se isolavam e somente “usavam” os outros. O fato é que Haruhi reconhece isso!

Haninozuka Mitsukuni – O tipo fofinho. Mas é o irmão mais velho de uma família tradicional de artes marciais… Considerado como gênio. O contraste dele é bem engraçado, pois ama doce e coelho (Usa-chan).

Morino Takashi – Tipo selvagem? Daqueles calados, mas tem um bom coração. É o que tem uma presença bem discreta na obra, do tipo que sempre está ali. Primo do Haninozuka, e forma aquela dupla invencível na luta.

O engraçadíssimo Tamaki, chefe do club, apresenta cada estilo dos anfitriões para Haruhi, achando que ELA é um menino homossexual, por causa da sua aparência (lembrando que ela está de óculos, cabelo curto e blusa e calça simples, pois ela não consegue usar o uniforme oficial, por causa do valor). Ela fica assustada e em um determinado momento acaba quebrando um vaso que seria leiloado em um dos eventos que seria promovido pelo club. O lance inicial era de 8 milhões de ienes. Para conseguir pagar o prejuízo, acaba sendo obrigada a trabalhar neste club e ainda por cima é apelidada de “cachorro”.

O dia-a-dia do club é tipo uma cafeteria que serve doces, salgadinhos, chá, café… Um Starbucks ou Frans Café, só que com um diferencial de que há os anfitriões servindo as clientes… As damas. Realmente um lugar para relaxar e tirar todo estresse do cotidiano.

O club promove eventos aparentemente toscos e bobos, gastando muito dinheiro, como exemplo, um baile, uma viagem para uma praia vip, visita a um resort, selva tropical na sala… Bem fora do comum né? Mas aos poucos descobrimos que cada evento, por mais toscos e bobos que pareçam, tem seu fundinho de significado, como exemplo, o encontro de um casal, esclarecimento de mal entendidos, ajudar a conquistar amigos, entre outros, mas existem os bobos também… hahahaha, são daquelas histórias que assistimos para relaxar e dar risada.

Todos os membros foram chamados pelo Tamaki. Os membros tem cada um, sua história, a Haruhi também. Porém dentro do club, todos conseguem encontrar a sua identidade e um local de conforto sem precisar se preocupar com os olhos dos outros… Encontram aqui a verdadeira amizade e as forças para enfrentar as dificuldades de suas vidas. Mas o próprio Tamaki tem sua história muito triste, relacionada à sua família, e é incrível como ele é otimista mesmo assim, idem para Haruhi.

Bom, voltando para Haruhi, no início ela traz alguns itens que são considerados de plebeus… Café e miojo instantâneos. O ponto de vista dos alunos é bem engraçado, saindo comentários do tipo ” será que meus pais deixam?” “Será que não passo mal?” aqui notamos a diferença social de Haruhi e todos.

Chega a um determinado momento em que Tamaki tira os óculos da Haruhi e descobre que o rosto dela é bonito. Ao estalar os dedos todos se mechem para arrumar o “cachorro do club” e Haruhi se torna uma anfitriã e o objetivo não é mais o valor de 8 Milhões, é ter 100 clientes que irão escolher Haruhi como anfitriã. (ou anfitrião, para os que ainda não sabem que Haruhi é uma garota).

Não tendo uma técnica específica, ela atende as clientes (meninas) de forma natural e com sua forma meiga de ser… Mesmo como um menino… Porém acaba conquistando as meninas e consegue 3 fãs iniciais que a escolhem como anfitriã.

Por ciúmes, uma das clientes não gosta como Haruhi é tratada e começa a praticar bullying contra ela. Colocando estilete em livros, molhando os livros e jogando sua bolsa com as coisas no chafariz do colégio. Tamaki chega e ajuda para ela encontrar a carteira onde está todo o dinheiro para a comida da semana….

No próximo encontro do Club, Haruhi recebe um pedido para atender a tal moça… a suspeita de estar praticando bullying contra ela. Em uma das indiretas para Haruhi, esta pergunta “ciúmes?” E deixa a praticante de bullying furiosa. Ela arma uma, puxando Haruhi para cima dela dizendo que estava sendo violentada… Porém TODOS os membros sabem que ela é a causadora de tudo contra Haruhi e a expulsam do grupo… Até com fotos e investigações mais completas.

Neste momento Haruhi acaba deixando cair a carteirinha de estudante…Tamaki descobre que ela, Haruhi é Ela… Uma menina. Tamaki fica totalmente sem jeito e aqui, talvez comece um romance, de proteção, fofice, e nossa… Como adoro romances fofinhos, eu amei!

Conheci o “Ouran” pelo anime, quando a minha prima (Adriana Shizue) me emprestou o DVD com os episódios. Amor à primeira vista! É engraçadíssimo!

Para você que gosta de histórias de colegiais engraçados, é o que #TemQue!

Para você que gosta de Dorama, também #TemQue!

Para você que prefere o Mangá, #TemQue!

Para mim, o Anime foi TOP! Mais um #TemQue hahahaha

Beijos e Obrigada pela atenção!

Lih
Lih
Lih
Lih

Últimos posts por Lih (exibir todos)

Um comentário em “Ouran Koukou Host Club (桜蘭高校ホスト部)

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!