Se Eu Ficar – Filme

Imagem retirada do site adorocinema.com.br
Imagem retirada do site adorocinema.com.br

Oi, pessoal! Como vocês estão? Tudo certinho?

Hoje é quarta-feira, ou seja, dia de cinema com o preço fixo o dia inteiro e mais barato que nos outros dias da semana! E já que o assunto é cinema, que tal falarmos de um filme que eu A-M-E-I e que foi inspirado em um livro que eu gostei muito também? Talvez vocês já saibam qual é. Se alguém pensou “Se Eu Ficar”, acertou!! Sempre que eu falo dos filmes acabo contando algum spoiler, com esse não será diferente, então se você quiser saber sobre e história de Mia Hall no livro Se Eu Ficar, sem spoiler, é só clicar aqui.

Quando eu vi o trailer do filme, pensei “Caramba, o filme parece bem mais triste que o livro”. Pensei isso porque eu não achei o livro muito triste, não chorei com o livro, mas quando vi no trailer a parte em que o avô da Mia fala para ela que tudo bem se ela quiser partir…cara, quase chorei. E aquela música linda Say Something do A Great Big World com a Christina Aguilera…não preciso falar mais nada né? Ficou perfeito!

Retirado do site pagetopremiere.com
Retirado do site pagetopremiere.com

Depois da minha decepção com a adaptação do filme O Doador de Memórias, fiquei com um pouco de receio quando fui ver Se Eu Ficar, mas para a minha felicidade, o filme foi muito fiel ao livro (com algumas mudanças, é claro, afinal de contas, é uma adaptação).

Pensei muito em como fariam o filme porque ele intercala passado e presente. Confesso que fizeram muito bem! Ficou parecidíssimo com o livro. Reparei isso logo no início. As falas, o ambiente, as pessoas, tudo foi muito parecido com o que eu imaginei e isso me deixou muito contente e aliviado. Eu já tinha lido em alguns lugares que quem leu o livro não iria se decepcionar com o filme e (olha só!) é verdade!

Retirado do site rebloggy.com
Retirado do site rebloggy.com

Como eu disse, algumas coisas mudaram, mas como é uma adaptação (sempre insisto em dizer isso), são mudanças aceitáveis. Por exemplo, não foi um caminhão que acertou o carro da família Hall, foi uma caminhonete, mas até aí tudo bem; quando Mia escolhe o que vai tocar no rádio quando a família vai visitar Henry e Willow, não é no rádio (que nem é no livro), é no iPhone/iPod; são coisas pequenas. Agora, se você quer alguma mudança um pouco maior, eu conto: no livro, os pais de Mia morrem na hora do acidente, mas no filme apenas a mãe morre na hora, o pai vai para o hospital, mas morre lá; o irmãozinho dela, o pequeno Teddy, vai para o mesmo hospital que Mia; a banda de Adam não se chama Shooting Star, o nome da banda no filme é Willamette Stone. Essas são algumas mudanças, mas tem mais.

Retirado do site teenagefanatic.blogspot.com
Retirado do site teenagefanatic.blogspot.com

As mudanças feitas não interferiram muito no aproveitamento do filme (minha opinião). O que eu pensei ao ver o trailer se confirmou: o filme É mais triste que o livro. Também tem aqueles momentos engraçados, que quebram um pouco a tristeza, afinal de contas a história é sobre uma menina em coma que precisa decidir se continua vivendo, mesmo tendo perdido os pais e o irmão, ou se vai embora para qualquer que seja o destino das pessoas que partem dessa para um melhor.

Falei que o nome da banda mudou de Shooting Star para Willamette Stone. Sim, mudou, tive que aceitar…mas confesso que o ator Jamie Blackley fez muito bem o papel de Adam e a trilha sonora, com músicas escritas especialmente para o filme e cantadas mesmo pelo ator, é linda! E, gente, a Chloë Grace Moretz é simplesmente perfeita! E ela é novinha, tem 17 anos só!!! Como não se lembrar dela atuando no filme que teve 11 indicações ao Oscar (e ganhou em cinco categorias): A Invenção de Hugo Cabret? Lembra? Com aquele cabelinho curto… Sim, é ela!!! 

Retirado do site teenagefanatic.blogspot.com
Retirado do site teenagefanatic.blogspot.com

Eu não chorei com o livro, na verdade a leitura se desenvolveu de uma forma muito tranquila. Já o filme…ele mexeu mais com o meu emocional…em outras palavras, sim, eu chorei com o filme! E é o que se espera mesmo. A Bruna aqui do blog foi ao cinema também e me disse que estavam distribuindo lencinhos na entrada e que depois ela entendeu o porquê. Viu? já esperam que você chore hahahaha. Coloquei aqui a imagem que ela me enviou do lencinho que ela recebeu, vejam abaixo:

Lencinho distribuido no cinema filme se eu ficarMuitas pessoas se perguntam se é realmente a atriz Chloë Grace Moretz tocando violoncelo e se é o ator Jamie Blackley que canta as músicas. Fui pesquisar sobre isso e vi que na verdade era outra pessoa que tocava no lugar da Chloë. Então as mágicas da edição fizeram com que a cabeça da atriz ficasse no corpo pessoa que tocava. A Chloë não podia mexer o corpo e tinha que fazer movimentos com a cabeça como se estivesse tocando. Curioso não? Sobre as músicas, como eu falei lá em cima, sim, é realmente o ator Jamie Blackley que canta as músicas da trilha sonora do filme Se Eu Ficar. Ele canta bem né? Eu gostei. Li também que podemos esperar coisas boas sobre um próximo filme dele e que também tem música no meio…curiosos?

Enfim, pessoal. Acho que é isso! Leiam o livro, assistam ao filme e vocês não vão se arrepender. Eu não me arrependi. Gostei de como fizeram o filme, foi muito fiel, com algumas mudanças aqui e ali. Foram mudanças bem selecionadas, pois souberam o que tirar, o que colocar e o que mudar. Ta ótimo! Simples assim!

Vejam abaixo o trailer do filme e, pra quem quiser ouvir, separei algumas músicas da trilha sonora também (I Want What You Have, Never Coming Down, I Never Wanted to Go e Heart Like Yours):

Trailer:

I Want What You Have:

Never Coming Down:

I Never Wanted To Go:

Heart Like Yours:

Quem quiser contar aqui nos comentários o que achou do livro e o eu achou da adaptação, sintam-se à vontade!

Obrigado pela atenção! Um abraço e até o próximo post!

JP
JP

Referências: Bustle e Page To Premiere

Pesquisas recentes:

final do filme se eu ficar ela morre, no filme se eu ficar ela morre, allinurl: Se Eu Ficar, no filme Se eu ficar Mia morre, Mia morre no filme se eu ficar, no filme se eu ficar mia morre ou vive, final do filme se eu ficar, se eu ficar ela morre no final?, a menina q fe se eu ficar como ela chama, if i stay mia morre?
JP

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.
JP

Últimos posts por JP (exibir todos)

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.

3 comentários em “Se Eu Ficar – Filme

  • 17 de setembro de 2014 em 23:42
    Permalink

    O filme foi simplesmente perfeito, eu assisti e super recomendo! Estou terminando de ler o livro agora e realmente você está certo, o filme foi muito fiel ao livro, com pequenas mudanças. Parabéns pela resenha!!

    Resposta
  • 18 de setembro de 2014 em 11:39
    Permalink

    É incrível como tive a mesma impressão que você *0* chorei litros (nunca derramei tantas lágrimas em um filme hehehe). Foi a primeira vez que achei o filme melhor que o livro. Eles escolheram muito bem a trilha, as cenas ficaram muito bem conectadas… tudo p-e-r-f-e-i-t-o!

    Resposta
  • 25 de setembro de 2014 em 20:40
    Permalink

    Oii,
    Também amei o filme. Não li o livro, pois eu prefiro ler o livro e depois ver o filme, mas não tive como ler antes.
    Mas gostei das alterações que vc comentou.
    Realmente, é um filme emocionante e daqueles que tocam a alma..
    Parabéns pela resenha!
    Abraços, Mika
    Pensamentos Viajantes

    Resposta

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!