Para Onde Ela Foi

Pra Onde Ela Foi Continuação Se Eu Ficar Gayle Forman Resenha Livro CapaOi, pessoal! Tudo bem com vocês?

Eu ia falar (e eu sempre penso em falar isso) “adivinha sobre qual livro eu vou falar hoje?!” só que fica meio na cara com o título do post e com a foto do livro aqui do lado hahaha, então…

Hoje vamos falar sobre a continuação do livro Se Eu Ficar, Para Onde Ela Foi, da autora Gayle Forman. Se quiser ler sobre o primeiro livro, clique aqui. Para ler sobre o filme baseado no primeiro livro, clique aqui.

Antes de começar a falar sobre o livro eu preciso avisar que eu talvez conte algum spoiler do primeiro livro e, peço desculpas, do segundo livro também. “Mas, João, por quê?” Porque se eu não contar algumas coisas, não vou conseguir desenvolver a história. Mas eu vou avisar quando for contar algum spoiler do segundo livro e aí você escolhe se continua a ler ou se para.

Tem uma coisa que eu não tinha reparado no livro Se Eu Ficar, até que a Paula, que trabalha comigo, fez com que eu percebesse. É sobre o fim do livro, como podemos entender aquela fala do Adam: “Mia?”. Tinha ficado bem claro pra mim que ela tinha acordado, mas a Paula disse: “E se ele falou ‘Mia?’ porque ela parou de respirar ou porque os aparelhos mostraram que ela estava morrendo?” e aí a dúvida se instalou na minha cabeça e eu tive que esperar o filme sair pra saber. Eu sempre achei que ela tinha resolvido ficar porque o caminho que tudo seguiu e aquelas últimas partes indicavam isso. Então o filme deixou mais claro pra mim o fim do primeiro livro.

E aí ficou aquela dúvida: “Ta, mas e depois?”. E é justamente isso que o livro Para Onde Ela Foi vai nos contar.

Mais de três anos se passaram depois do acidente que tirou a vida dos pais de Mia e do seu irmãozinho também. Quem narra essa segunda história é o vocalista da banda Shooting Star, Adam. Conhecemos Adam no livro Se Eu Ficar, como o namorado de Mia, mas víamos tudo pela perspectiva da Mia que estava fora do próprio corpo, agora vamos acompanhar a continuação da história pela perspectiva de Adam.

No começo fica aquele mistério “Afinal de contas, cadê a Mia?” porque ela simplesmente não aparece e pouco se fala sobre ela, pouca coisa mesmo. Aí eu comecei a me perguntar “será que eu entendi tudo errado?”. Aí tive que continuar a ler pra saber.

Talvez você me pergunte “Como assim a Mia não é muito citada e nem aparece? Ela não é a namorada do Adam? Não é ele quem está narrando a história? João, cadê a Mia?!?!”

AVISO DE SPOILER SOBRE O SEGUNDO LIVRO!!! Caso você não queira saber do desenvolvimento da história com algumas revelações, não continue a ler.

Acontece que Mia e Adam não são mais namorados! Pois ééé!! Por isso que não a vemos com frequência no início. Como isso aconteceu? Acho que vou deixar para você descobrir lendo o livro. Mas ela aparece. Vou contar brevemente o que aconteceu e depois volto para o presente.

Mia acordou três dias depois. Não contaram pra ela o que havia acontecido até o sexto dia. Mia não se lembrava de muita coisa, mas parecia saber o que tinha acontecido: seus pais, Denny e Kat, morreram instantaneamente no acidente e seu irmão mais novo, o pequeno Teddy, havia morrido na sala de cirurgia do hospital local para onde ele havia sido levado com Mia, mas ela foi transferida para outro hospital e aí já sabemos o que aconteceu.

Voltando ao presente, Adam acaba vendo que Mia vai se apresentar em um Concerto Para Jovens. Claro que ele compra um ingresso. Já fazia muito tempo que os dois não se encontravam. Era melhor assim. Talvez… Então ele pegou um lugar que estava sendo vendido com ingressos de última hora e que não oferecia uma visão muito boa, mas era o que tinha. A partir daí nossa história começa a ficar mais interessante, pois quando o concerto acaba, Adam recebe uma mensagem de um lanterninha dizendo que Mia Hall queria que ele fosse até os bastidores conversar com ela. Não vou contar o que eles conversaram, vou deixar pra quem quiser ler.

Sobre a banda, a Shooting Star ficou famosíssima, com vários CDs vendidos, prêmios conquistados, shows com ingressos esgotados…sucesso total! O sofrimento com o término do namoro fez com que Adam transformasse todos os seus sentimentos em letras de músicas para desabafar, foi aí que ele escreveu músicas para a Shooting Star como Stitch, Dust, Messy, Disconnect, Roulette, Bullet, Boo, Bridge, Blue, Hush, Animate, que fazem parte do CD intitulado Collateral Damage e que você pode ler parte das letras no começo de alguns capítulos. Muito legal isso e as letras dizem muito sobre a história. Foi quase um “Vou baixar as músicas da Shooting Star! Cadê Collateral Damage no iTunes para download?!” hahaha.

Já que eu citei a banda, outra coisa que também vai te intrigar muito: a banda Shooting Star está brigada. Pra você ter uma ideia, Adam tem que dormir em um hotel diferente quando a banda está em turnê ou tem algum compromisso. Mas o que aconteceu que fez a banda virar a cara pro Adam? Humm…também vou deixar isso pra você descobrir lendo o livro. Mas posso te adiantar que a coisa ficou feia.

Será que Mia e Adam vão redescobrir o amor? Será que eles vão pelo menos voltar a se falar? Será que fica só na amizade? E Adam e a Shooting Star? Será que eles vão se resolver? Será que a banda consegue continuar dessa forma? Que tal ler pra descobrir?

Finalizando, esse livro foi no mesmo estilo de leitura do livro Se Eu Ficar. Ele também intercala passado e presente, isso ajuda a entender como tudo ficou do jeito ficou, vamos descobrindo isso aos poucos. A leitura é bem tranquila e rápida, li o livro em menos de uma semana (sem muito tempo livre pra ler). Confesso que em alguns momento pensei “Dava pra ter parado no Se Eu Ficar”, achei algumas partes meio enrolação, mas a história não deixa de ser boa. No fim das contas eu curti e me surpreendi com algumas revelações, tenho certeza que você também vai se surpreender quando ler.

No fim do livro vem uma prévia de uma nova história escrita pela autora Gayle Forman. O nome da história é Apenas Um Dia. E eu já vi que tem mais dois livros chamados Just One Year e Just One Night, que numa tradução livre seriam Apenas Um Ano e Apenas Uma Noite, respectivamente. Ansiosos por essas novas histórias? Teremos que aguardar mais um pouquinho para o lançamento do livro Apenas Um Dia. Em breve!

Espero que vocês tenham gostado. Comentem aqui embaixo o que vocês acharam, se querem ler o livro, se já leram, se gostaram ou não…fiquem à vontade!

Um abraço e até o próximo post!

Compare os preços deste livro clicando aqui.
Ou veja o preço na loja de sua preferência:
Cultura Saraiva Submarino 
JP
JP

Especificações técnicas:

ISBN: 8581635679

ISBN-13: 9788581635675

Idioma: português

Encadernação: Brochura

Edição: 1ª

Ano de Lançamento: 2014

Número de páginas: 240

Editora: Novo Conceito

Fonte: Livraria Cultura

Pesquisas recentes:

para onde ela foi ler online, para onde ela foi, ler online para onde ela foi, pra onde ela foi ler online, collateral damage para onde ela foi, Livro para onde ela foi online, livro para onde ela foi, pra onde ela foi, Collateral damage shooting star, para onde
JP

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.
JP

Últimos posts por JP (exibir todos)

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.

3 comentários em “Para Onde Ela Foi

  • 22 de outubro de 2014 em 18:54
    Permalink

    Ai, li o spoiler mas, tudo bem … eu ja imaginava que eles não ficariam juntos pq em alguma parte do “Se eu ficar” não lembro se é a Mia ou o Adam que fala que talvez se ela realmente ficar, seja melhor ela levar uma vida totalmente diferente da qual levava antes do acidente, se separar do Adam pra poder começar uma nova fase que não a fizesse sofrer tanto lembrando das coisas antes. Vc lembra disso?
    Entao, eu tive certeza que eles iam terminar caso ela vivesse.
    Quero ler o segundo agora! Guarda um exemplar pra mim se tiver algum sobrando por ai? =D

    Saudade!

    Resposta

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!