Doctor Who: 12 Doutores 12 Histórias

Resenha Doctor Who 12 Histórias 12 Doutores Capa LivroDoctor Who é uma série de TV britânica, do gênero ficção científica, transmitida pelo canal BBC. A série, que começou em 1963 e está no ar até hoje, conta as aventuras do Doutor, um alienígena humanoide que vivia no planeta Gallifrey e que se tornou um Senhor do Tempo.

Os Senhores do Tempo possuem a missão de proteger o universo e manter o equilíbrio do tempo e espaço, portanto qualquer anomalia existente é dever dos Senhores do Tempo consertar. O Doutor é dotado de uma inteligência surpreendente e de uma excentricidade ímpar; ele utiliza para viajar pelo tempo a sua nave conhecida como TARDIS, que tem a aparência de uma cabine policial típica dos anos 60, porém, por dentro, ela é dotada de muito espaço e da mais alta tecnologia. 

Resenha Doctor Who 12 Histórias 12 Doutores TARDIS
TARDIS

Bom, agora que vocês conhecem um pouco sobre o Doutor, vamos ao que interessa: O livro Doctor Who: 12 Doutores 12 Histórias. Algo que vocês devem saber também é que o Doutor nunca morre; ele possui a capacidade de se regenerar sempre que seu corpo é fatalmente danificado, gerando um corpo totalmente diferente do anterior e com personalidade diferente, porém a essência do Doutor permanece intacta. Esse fenômeno tornou possível que a série de TV fosse transmitida ininterruptamente, já que não era necessário ter sempre o mesmo ator para representar o Doutor (já foram 12 atores no total).

Voltando ao livro… sabendo isso, o livro conta 12 histórias e cada uma possui um Doutor diferente com ajudantes diferentes e cada história é escrita por um autor diferente! Ah sim, o Doutor não gosta de viajar sozinho, ele prefere ter algum ajudante em sua companhia!

Vou contar agora um pouco sobre cada história, mas é claro não irei contar tudo para não estragar a surpresa quando vocês forem ler o livro! O post ficou um pouquinho longo, mas eu garanto que vale a pena ler, principalmente a história do…ah, leia o post pra saber qual das 12 histórias foi a minha preferida. 

 

O Primeiro Doutor – Uma Mãozinha para o Doutor

por Eoin Colfer

 

Primeiro Doutor – interpretado por William Hartnell

O Doutor está em um “médico” para conseguir uma mão provisória, já que havia perdido a sua em um combate. Quando ele sai do “consultório” descobre que seu celular estava sem sinal e vê diversas ligações de sua neta Susan. Em uma delas ela deixou uma mensagem de voz dizendo que estava a caminho da casa de algumas crianças para salvá-las dos Piratas de Almas!

Os Piratas são alienígenas que sequestram crianças e utilizam cada parte de seus corpos para se manterem fortes e vivos. O que é interessante é que quando vão fazer o sequestro, eles utilizam uma substância, um gás, que as deixam em um estado de transe e as leva para o lugar ou momento dos seus sonhos, fazendo com que não haja resistência nenhuma durante o sequestro; na verdade elas vão por livre e espontânea vontade (é claro que por causa do efeito da substância).

Bom, quando o Doutor recebe a notícia, fica desesperado e corre para salvar sua neta e as outras crianças desses Piraras. Ao chegar ao local ele encontra a nave dos Piratas sobrevoando a casa e pegando as crianças pela janela do quarto, Susan está no meio delas! Aparentemente era tarde demais para salvá-los, mas não para o Doutor. Como sempre, ele tinha um plano, mas era muito arriscado e nada garantia que daria certo, mas ele tinha que tentar, caso contrário, nunca iria se perdoar…

 

O Segundo Doutor: A Cidade sem Nome

por Michael Scott

 

Segundo Doutor - Interpretado por Patrick Troughton
Segundo Doutor – Interpretado por Patrick Troughton

Jamie McCrimmor é um jovem escocês que está andando pela cidade quando de repente escuta gritos vindos do parque. Como não é de seu feitio ignorar, ele vai em direção aos gritos e encontra um ladrão assaltando covardemente um senhor. Tomado pelo seu senso de justiça, ele pula em cima do assaltante e salva o senhor. Quando o ladrão sai correndo pelo parque, o senhor diz a Jamie que é dono de uma loja de livros no centro e como forma de agradecimento, insistiu que ficasse com um de seus livros preferidos. Jamie tentou recusar, porém, por insistência do dono da livraria, resolveu aceitar. No caminho para TARDIS, Jamie percebeu que o livro era escrito em uma língua que não conhecia, portanto não teria utilidade para ele, mas ele conhecia alguém que iria gostar: o Doutor.

O Doutor fica muito aliviado quando vê seu assistente chegando, já que ele havia ido para a cidade procurar algumas substâncias para consertar a TARDIS (caso contrário, ficariam presos ali para sempre). Ao chegar Jamie informa que não conseguiu achar as substâncias e conta a história do assalto e entrega o livro ao Doutor.

Assim que o Doutor encosta sua mão no livro algo surpreendente acontece: a TARDIS volta a funcionar! Os dois entram na nave e ela sai voando pelo espaço, sem rumo aparente em uma velocidade alta demais até para a nave! O Doutor não tem um bom pressentimento quanto aquilo, até que seus temores se tornam realidade!

 

O Terceiro Doutor: A Lança do Doutor

por Marcus Sedgwick

 

Terceiro Doutor – Interpretado por Jon Pertwee

O Doutor e sua assistente Jo vão a uma exposição de arte particular que expõe antiguidades. Entre uma dessas antiguidades está uma lança que aparentemente não tem nada de mais, mas não para o Doutor. Jo o vê analisando aquela peça com muita atenção e pergunta o que seria aquilo. O Doutor explica que aquela lança é o que chamam de um NFT – nexo físico temporal – um objeto muito perigoso que o alto conselho deseja manter fora de circulação.

Sabendo disso, o Doutor e sua assistente decidem roubar o objeto e quando entram em ação, algo que não esperavam acontece: eles são perseguidos por seguranças e eles quase os matam para não fugirem com a lança! Infelizmente por causa disso, eles não conseguem surrupiar a lança da exposição e o Doutor tem uma ideia: voltar no tempo e pegar a lança do seu primeiro dono! O Doutor, ao analisar a lança na exposição, leu a placa abaixo do objeto que dizia que ela fora encontrada em Gamla Uppsala, Suécia no século II d.C. e que na mitologia nórdica acreditava-se que a lança pertencia a Odin. Então os dois entram na TARDIS e iniciam a jornada em busca do nexo físico temporal.

 

O Quarto Doutor: As Raízes do Mal

por Philip Reeve

 

Quarto Doutor - Interpretado por Tom Baker
Quarto Doutor – Interpretado por Tom Baker

O Doutor e sua assistente Leela estão andando a esmo pelo espaço a um tempo já, sem nenhum rumo aparente, então ele decide visitar um lugar que sempre quis ir: a estrutura Heligan, uma árvore enorme geneticamente construída, do tamanho de uma pequena lua e que é habitada por pessoas. Ao pousar no local com sua nave o Doutor e Leela encontram um menino, chamado Ven, que explica que seu nome é diminutivo de Vendeta-Será-Nossa-Quando-O-Doutor-Morrer-Mil-Mortes-Agonizantes.

Bom, não sei se vocês tiveram a mesma impressão que eu, mas aparentemente tinha algo de muito errado ali e que não era nada favorável ao Doutor. Enquanto os três estavam conversando ouviu-se um barulho vindo de dentro da árvore, algo que não era comum! Ven foi ver o que era e caiu dentro do buraco digestivo da árvore! O Doutor e Leela o ajudam a sair do buraco  salvam sua vida, fazendo com que Ven começasse a dar um voto de confiança ao Doutor. 

Enquanto estão se recuperando do susto, uma menina aparece na surdina e, ao perceber a presença do Doutor, fica espantada e informa que irá levá-lo para o Presidente e providenciar sua execução, porém Ven informa que ele tem direito a ir para o julgamento, conforme a lei.

O Doutor não está entendendo nada, uma vez que ele nunca esteve naquele lugar e que não havia feito nada de errado desde a sua chegada! Apesar disso, aquele povo tinha muitas coisas contra ele e estava disposto a tomar as devidas providências! O Doutor sabia que aquilo era um terrível mal entendido e iria investigar aquilo para salvar sua pele! Como se só isso não fosse demais, outra coisa fora do comum estava acontecendo: a estrutura Heligan adquiriu vida própria e estava atacando todos que encontravam no caminho!

 

O Quinto Doutor: Na Ponta da Língua

por Patrick Ness

 

Quinto Doutor – Interpretado por Peter Davison

Essa história se passa durante a Segunda Guerra Mundial e, diferente das outras histórias, essa não tem como foco principal o Doutor e sua assistente. Os personagens principais são Johnny e Nettie. Johnny é um adolescente cujo o pai está na guerra lutando contra os nazistas, portanto o menino trabalha de garçon em uma lanchonete da cidade para ajudar a mãe com as contas de casa. O pai de Nettie também está na guerra e ela também ajuda sua mãe trabalhando em um posto de gasolina local e consertando coisas (adquiriu esse talento com seu tio).

A história começa com Johnny comprando um objeto muito estranho e que é “febre” na cidade onde moram: o contador da verdade. Esse contador é um “aparelho” que, ao encaixar no queixo, conta todas as verdades que as pessoas escondem sobre as outras pessoas (não parece ser muito legal, e realmente não é). Esse item foi trazido para cidade pelo Sr. e Sra. Acklin em uma de suas viagens para Europa e resolveram comercializá-lo. Os vendedores dos contadores da verdade são pais da menina mais popular da escola de Johnny e Nettie, Annabelle Acklin. Annabelle é a típica menina popular que esnoba todos que considera inferior.

Nettie não gostava nada desse contador da verdade e percebia o estrago que ele podia fazer na relação entre as pessoas. Até então Johnny também concordava com ela, porém ele resolveu comprar um para conseguir ter coragem de contar a Marisa Channing como ele se sentia em relação a ela. Marisa é uma das melhores amigas de Annabelle.

Enquanto a história de amor e revelações vai se desenrolando, o Doutor e sua assistente Nyssa chegam a cidade. Andando pela cidade, eles percebem que as pessoas usam o que chamam de contadores da verdade e acham aquilo muito estranho; o Doutor explica a sua assistente que aquilo que as pessoas usavam eram na verdade alienígenas e que não deveriam estar ali. Mas quem será que os trouxe e por que fizeram isso? Esse mistério é o que o Doutor e sua assistente irão descobrir.

 

O Sexto Doutor: Algo Emprestado

por Richelle Mead

 

Sexto Doutor - Interpretado por Colin Baker
Sexto Doutor – Interpretado por Colin Baker

O que eu achei diferente nessa história é que ela não é contada por um narrador de fora da história como acontece nas outras, mas sim pela assistente do Doutor, Peri Brown.

A TARDIS os leva para o planeta dos koturianos, um planeta que era idêntico a Las Vegas! O Doutor explica a Peri que eles estão a uns 200 anos depois do tempo dela e que quando os koturianos foram visitar a Terra no século XX ficaram encantados pelo luxo e animação de Las Vegas e pelo seu potencial de ganhar dinheiro, portanto decidiram fazer uma réplica exata da cidade em seu planeta. O Doutor explica também que aquele planeta se tornou o local central para fazer casamentos, mas diferente da cidade inspiração, o planeta era um lugar de muito luxo e bom gosto para se casar, e que todos queriam fazer suas uniões lá. Outro ponto interessante é que, para os koturianos, casar não era algo banal, mas sim um rito de passagem muito importante, que eles chamavam de Faseamento. Quando encontravam sua alma gêmea eles passavam por uma transformação e assumem uma nova aparência! Era um fenômeno impressionante e que todos deveriam passar!

Após as devidas explicações, Doutor e Peri vão para a casa de um conhecido do Doutor, o Sr. Evris Makshi. O seu filho, Jonos, está para se casar com uma alienígena e completar seu rito de passagem. Todos estão muito animados com a cerimônia, porém algo aflige a cidade: eles estão sendo atacados constantemente por criaturas voadoras que não sabem explicar; essas criaturas sequestram pessoas que estão no caminho e as leva sabe-se lá para onde. Não era um momento muito propício para o casamento, porém Jono já estava no limite da idade de passar pelo Faseamento.

Evris conta a seu amigo as boas novas e fala um pouco sobre a nova nora. Apesar dela ser muito simpática e inteligente, ela era uma alienígena, algo que não agrava muito o pai do noivo. Por algum motivo o Doutor ficou com um pressentimento em relação a noiva e colocou sua assistente para investigar, e o que estavam para descobrir não era nada do que esperavam!

Agora vamos para a próxima página conferir as últimas histórias do livro!

 

Próxima Página

Pesquisas recentes:

doctor who 78351, todos os doutores de doctor who estao vivos?

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!