Desaparecido Para Sempre

Resenha Desaparecido Para Sempre Harlan Coben Primeira Capa LivroOi, pessoal!

Continuando com o meu Projeto Harlan Coben De Novo (a Ana, que trabalha comigo, sem querer escolheu esse nome – ela falou brincando e eu gostei – obrigado, Ana), hoje eu vou falar sobre o livro Desaparecido Para Sempre e já adianto pra vocês, me surpreendi muito. Eu me lembrava de algumas partes, mas me esqueci completamente de outras…

A história já começa com uma notícia triste: Sunny, mãe de Will Klein, infelizmente perdeu a luta contra o câncer e agora descansa em paz. Mas três dias antes de morrer ela revelou um segredo: Ken, irmão mais velho de Will, estaria vivo.

Will não sabia se acreditava ou não nisso porque sua mãe estava num grau muito avançado do câncer e poderia estar dizendo coisas sem sentido. Já fazia mais de 11 anos que Ken havia desaparecido…que havia fugido, na verdade.

Julie Miller, uma vizinha, foi estuprada e morta e o sangue de Ken foi encontrado na cena do crime. Tudo aconteceu na casa dela, no porão. Ao que parece, a vizinha tentou resistir e acabou ferindo Ken, que fugiu após tirar a vida da garota. Ken virou um fugitivo e era procurado pelo FBI. A notícia saiu em jornais, apareceu na TV e na internet. Boatos diziam que Ken estava no exterior e algumas pessoas até diziam que haviam visto o assassino em alguns lugares como Suécia, Barcelona e até nos Alpes franceses. Mas após tanto tempo, a família preferia acreditar que Ken estava morto, já que ele nunca mais apareceu e nem deu um sinal de vida, nem uma carta, nem um telefonema, nem pra pedir dinheiro, nada.

As coisas mudaram quando Will e sua namorada, Sheila Rogers, foram olhar os pertences de Sunny. Eram coisas simples, mas que para ela eram importantes. Após algumas horas relembrando acontecimentos, vendo fotos e contando histórias, Will acabou achando algo que mudaria tudo a partir daquele momento. Atrás de uma foto de seus pais aproveitando uma viagem de cruzeiro havia uma outra foto. Will percebeu por acaso. Quando soltou as duas fotos da moldura, viu alguém que não via há muito tempo. Com a data de menos dois anos antes, a foto mostrava um homem que era ninguém menos que (como vocês já devem esperar) Ken Klein, irmão de Will.

A irmã de Will e Ken, Melissa, também estava na casa dos pais, pois tinha ido ao enterro da mãe. Após Ken Klein ter sido incriminado pelo estupro e morte de Julie Miller, nem a família Miller nem a família Klein se mudaram de suas casas, eles continuaram morando no mesmo lugar. Mas Melissa, segundo a visão de Will, fugiu daquilo tudo e foi morar em Seattle com o marido. Will tentou conversar com a irmã e contou o que a mãe revelou antes de morrer e sobre a foto que ele encontrou. Melissa reagiu de uma forma que Will não esperava, como se isso não importasse pra ela, e mostrou um ponto que ele ainda não tinha considerado.

Outra coisa que deixa a trama mais curiosa é que Will acordou no meio de uma noite e não viu sua namorada deitada ao seu lado. Ele levantou começou a procurá-la pelo apartamento. Sheila estava sentada no peitoril da janela, olhando pra baixo e chorando. Ela se desculpou e disse que já voltaria para a cama. Will não entendeu muito bem o motivo para ela ter se desculpado, mas entendeu que ela precisava de espaço. Acontece que Sheila não voltou para a cama. Quando Will acordou, encontrou um bilhete: Te amarei para sempre. S. E Sheila havia desaparecido.

Will e Sheila estavam juntos há pouco tempo e Will não sabia muita coisa sobre o passado dela (quase nada na verdade), por mais que insistisse, ela se recusava a falar. Will entendia isso, ele é diretor da Covenant House, que “é uma fundação beneficente que ajuda menores que fugiram de casa a sobreviver nas ruas”, então ele convivia muito com pessoas que não gostavam de falar sobre o passado, ele respeitava isso. Fazia o mesmo com Sheila. Ela começou como voluntária na Covenant House e com o tempo os dois se apaixonaram. Mas agora ela havia desaparecido.

De repente o FBI aparece e questiona Will sobre o paradeiro de Sheila Rogers. Will não sabia onde ela poderia estar e eles revelam que digitais dela foram encontradas em uma cena de crime.

Quando tudo parece estar errado e confuso, as coisas começam a piorar mais ainda. Um homem invade o apartamento de Will e o pega de surpresa; Katy Miller, irmã da vizinha que foi estuprada e assassinada, procura por Will querendo esclarecer o que aconteceu no dia do assassinato; um corpo é encontrado jogado em uma rua, a mulher havia sido torturada das piores formas possíveis; mafiosos da pesada estão atrás de Will, o FBI também…

E agora? Por que tudo isso está acontecendo? Será que o irmão de Will realmente está vivo? Por que Katy Miller resolveu procurá-lo logo agora? De quem é o corpo da mulher encontrada morta? Por que o FBI e também os mafiosos estão atrás de Will? O que realmente aconteceu na noite do assassinato? Será que o irmão de Will era inocente (Will pensa que sim) ou será que ele fugiu porque tinha culpa em alguma coisa?

Will contará com a ajuda de Squares, um grande amigo, que também tem um passado misterioso e tem que resolver alguns assuntos pessoais, para resolver tudo isso e encontrar a verdade e as respostas para essas perguntas. Só que Will pode não estar preparado para enfrentar o que vem pela frente.

 

Meu Deus do céu!!!! Esse livro é fantástico! Simplesmente perfeito! É por isso que eu amo tanto as histórias do talentosíssimo Harlan Perfeito Coben! Eu já tinha lido Desaparecido Para Sempre e mesmo assim me surpreendi com os acontecimentos e revelações. Fiquei boquiaberto de verdade! Não sei como eu não me lembrava dessas coisas. Se alguém achar o livro parado por algum momento (o que eu duvido), continue a ler porque você vai cair de cara no chão, vai ter vontade de ligar para o Harlan Coben e dizer “Cara, eu te amo! Obrigado por mais essa história incrível!” (estou tentando, mas só cai na caixa postal hahahaha, brincadeira ta?).

Resenha Desaparecido Para Sempre Harlan Coben Segunda Capa LivroA foto de capa que eu coloquei no post é a da primeira edição que saiu do livro, pela Sextante (confesso que eu gosto mais dessa primeira capa). Recentemente o livro ganhou uma nova arte de capa, que é essa que vocês podem ver aqui do lado direito, que saiu pela Editora Arqueiro. O que vocês acham?

Como eu disse, a Ana que trabalha comigo sem querer deu nome para esse meu projeto de reler os livro do Harlan Coben para colocar aqui no blog: Projeto Harlan Coben De Novo! =) Obrigado pela ideia sem querer, Ana. Vou continuar a reler os livros e contar sobre eles aqui. Gente, por favor, leiam Desaparecido Para Sempre! Se é o estilo literário que vocês gostam, vocês vão amar; se não é, vai passar a ser hahahaha.

É isso, pessoal! Vou ficando por aqui porque eu sempre falo muito quando escrevo sobre as histórias do Harlan. Comentem, compartilhem, fiquem à vontade!

Obrigado pela atenção, um grande abraço e até o próximo post!

Compare os preços deste livro clicando aqui
Ou veja o preço na loja de sua preferência:
Cultura Saraiva Submarino 
JP
JP
Especificações Técnicas

Especificações técnicas:

ISBN: 8599296701

ISBN-13: 9788599296707

Idioma: português

Encadernação: Brochura

Edição:

Ano de Lançamento: 2010

Número de páginas: 320

Editora: Sextante

Fonte: Livraria Cultura

JP

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.
JP

Últimos posts por JP (exibir todos)

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!