Lançamentos de maio – Editora Rocco

Oi, pessoal! Tudo bem? Continuando aqui com os lançamentos das editoras agora no mês de maio, vamos conhecer os lançamentos da Editora Rocco! Preparem-se porque vem coisa boa pela frente!

 

Resenha Coisas Bizarras que Você Só Descobre Quando Está Grávida Fernanda Oliveira Capa LivroCoisas Bizarras que Você Só Descobre Quando Está Grávida – Fernanda Oliveira

O corpo, a barriga, seios, dentes, pelos, pés, desejo sexual, útero… em 24 capítulos estes e outros temas são desbravados de forma simples, direta e divertida, por Fernanda Oliveira, no lançamento Coisas bizarras que você só descobre quando está grávida.  A autora, que além de mãe é psicanalista, consegue tirar dúvidas e, ao mesmo tempo, contar curiosidades sobre esta etapa tão especial da vida da mulher: a chegada da maternidade. As loucuras, surpresas, angustias e maravilhas que você só descobre… quando está grávida.

A conversa informal com a leitora é iniciada a cada capítulo com um singelo “Companheira gestante”.  Assim como num bate papo entre amigas, Coisas que você só descobre quando está grávida, editado pela Rocco, trata com bom humor de temas importantes para qualquer gestante.

A autora faz questão de frisar: não é médica, nem nutricionista, enfermeira, fisioterapeuta, esteticista, mas se orgulha de ter construído uma síntese do que toda essa gente a ensinou. Psicóloga com especialização em saúde mental, também tem mestrado, doutorado e formação em psicanálise.

O livro é, na verdade, um papo de gestante para gestante. Uma conversa sem rodeios sobre o que a maioria das pessoas não costuma informar ou avisar às grávidas. É com muito bom-humor que ela fala, por exemplo, sobre a incontinência urinária: “Espirrou, mijou. Tossiu, mijou. Riu um pouco mais enfaticamente de uma boa piada, mijou. Haja autoestima (e absorvente) nessa hora!”, relata em um dos trechos.

Dicas de alimentação, cuidados com a higiene bucal,  a importância da massagem e  drenagem para amenizar inchaços e como lidar com os palpiteiros de plantão também estão em pauta. Até mesmo aquele conselho básico de, na dúvida, não hesitar em telefonar para importunar o obstertra. Afinal, quem mandou ele escolher essa profissão? Para as grávidas de primeira viagem ou para aquelas que já viveram a plenitude da maternidade anteriormente, Coisas bizarras que você só descobre quando está grávida é uma leitura de linguagem fácil, esclarecedora e indispensável para encarar a ansiedade dos nove meses de gestação.

 

Resenha A Morte de Rachel Série The Murder Notebooks Anne Cassidy Livro CapaSérie The Murder Notebooks: A Morte de Rachel – Anne Cassidy

A busca de Rose Smith e Joshua Johnson por seus pais continua. Em A morte de Rachel, segundo livro da série The Murder Notebooks, a britânica Anne Cassidy mostra a dupla às voltas com os cadernos criptografados que podem ser a chave para o súbito desaparecimento de Kathy, mãe de Rose, e Brendan, pai de Joshua. Mas um novo mistério aparece no caminho dos dois: Rachel Bliss, com quem Rose não falava desde a época em que estudavam juntas, é encontrada morta depois de várias tentativas de entrar em contato com a antiga amiga.

No período em que estudou no Colégio Mary Linton, Rose ficou próxima de Rachel Bliss, uma jovem que se revelou nada confiável. As duas acabaram discutindo e a amizade acabou. Meses depois, quando já havia deixado a escola, Rose começou a receber cartas e telefonemas de Rachel. Em tom desesperado, a jovem dizia estar passando por algo terrível e implorava por ajuda, pois tinha medo de enlouquecer. Envolvida em seus próprios problemas e ainda magoada, Rose decide ignorar as mensagens.

Paralelamente, Joshua e o amigo Skeggsie continuam a investigar o que aconteceu com os policiais Kathy e Brendan. Quando surge uma pista inesperada – os procuradores que representavam o casal enviam a Joshua objetos que pertenceram a seu pai – o rapaz decide seguir sua intuição e viajar até Norfolk em busca de respostas. Rose, entretanto, não irá acompanhá-lo: precisa voltar ao Mary Linton, pois descobriu que Rachel Bliss está morta e a polícia quer saber se foi acidente, assassinato ou suicídio.

Além da angústia de ignorar o que houve com a mãe e de uma ponta de remorso por não ter levado Rachel a sério, Rose precisa lidar com os próprios sentimentos em relação a Joshua. A cada dia, cresce a atração que ela sente pelo rapaz, mas paira a dúvida no ar: será que ele a vê apenas como amiga? Afinal, antes de seus pais desaparecerem os quatro formavam uma família e, nessas condições, os dois jovens seriam como irmãos.

Para complicar ainda mais a cabeça de Rose, ela encontra uma carta que Rachel jamais lhe enviou, com informações sobre Kathy e Brendan obtidas depois que o casal sumiu. Seria uma outra mentira de Rachel ou a confirmação de que os policiais poderiam estar vivos? A intuição de Joshua estará certa e a ida a Norfolk trará respostas? Em mais uma trama repleta de suspense, Anne Cassidy faz os leitores perderem o fôlego e darem mais um passo na direção de decifrarem o mistério em The Murder Notebooks.

 

Resenha Coleção Otra Língua O Uruguaio Copi Livro CapaColeção Otra Língua: O Uruguaio – Copi

Copi é considerado um dos acontecimentos mais originais da literatura argentina dos últimos 20 anos. Desde jovem exilado em Paris, escreveu a maior parte de sua obra em francês entre as décadas de 1970 e 1980, sem alcançar a projeção merecida. Era mais conhecido e apreciado por suas atividades paralelas de cartunista, ator e dramaturgo. Mas, nos últimos anos do século 20, sua ficção foi redescoberta no país natal, traduzida ao espanhol e enfim valorizada por nomes como César Aira e Alan Pauls.

Publicado em 1972, O uruguaio é seu primeiro relato; A Internacional Argentina, de 1988, o último. Este livro da Coleção Otra Língua, portanto, une as duas pontas da prosa do autor, que na totalidade ainda compreende mais quatro novelas e duas coletâneas de contos. Para o leitor brasileiro, trata-se de uma iniciação para entrar em contato com um escritor nada convencional desde o pseudônimo que adotou: Copi – mais que esconder o cidadão do mundo Raúl Natalio Roque Damonte Botano (1939-1987) – tornou-se uma identidade literária.

Escrita originalmente em francês, O uruguaio é uma novela curta que assume a forma narrativa de uma carta, endereçada ao Mestre, num único e só parágrafo, por alguém que assina Copi. A ação é vertiginosa e a linguagem, clara e precisa. Os eventos beiram o surrealismo: o Uruguai, por exemplo, desaparece soterrado pela areia da praia. Depois do cataclisma, o país é pouco a pouco redesenhado no papel (não à toa, o autor era um excelente cartunista), passando como num passe de mágica a existir de novo. Seus habitantes voltam à vida como uma espécie de zumbis, que precisam reaprender a viver normalmente.

A imaginação desvairada atinge o ponto máximo quando entra em cena, voando, o papa argentino – um lance profético, pois o livro é de 1972 – que no fim se revela um farsante. A par das reviravoltas na trama, trata-se de um relato muito engraçado, provando que a alta literatura de vanguarda pode, sim, provocar risos ou mesmo gostosas gargalhadas.

A Internacional Argentina é um thriller político, com doses de suspense e humor. Uma comédia que desnuda o delírio das conspirações e também se debruça sobre a condição de exilados. Cabe lembrar que a literatura do exílio é uma tradição argentina, de Julio Cortázar a Manuel Puig, passando por Juan José Saer e Rodrigo Fresán.

No mundo particular de Copi, quanto mais improváveis são personagens e ações, mais críveis vão se tornando aos olhos do leitor. O vilão de A Internacional Argentina é o milionário Nicanor Sigampa, um “negro colossal” que vive em Paris. Seu objetivo secreto é eleger o próximo presidente da Argentina, e o candidato escolhido é o poeta-narrador.

Um dos planos de Sigampa prevê a imigração maciça de negros para a Argentina: “Fiquei entusiasmado com a ideia; sempre pensei que a Argentina sofria de um complexo de inferioridade em relação ao seu vizinho, o colosso brasileiro, pelo fato de não ter raízes negras. Nossa falta de pitoresco nacional vem daí, apesar de todos os nossos esforços para remediá-lo.” A novela, como se pode confirmar por este trecho, é de uma provocação ímpar. Mas, acima de tudo, é uma prova do talento de Copi, que hoje é um dos escritores mais cultuados em seu país.

 

Resenha Trilogia Fixed Sempre Você Livro 3 Coleção Violeta Laurelin Paige CapaColeção Violeta: Trilogia Fixed Sempre Você (Livro 3) – Laurelin Paige

Trilogia Quando duas pessoas aparentemente tão diferentes se encontram e descobrem que a afinidade, pessoal e sexual, é a mais perfeita possível, o que pode então abalar a relação? Conviver com os fantasmas do passado e expor segredos destrutivos são alguns dos desafios que Alayna Whiters e o bilionário Hudson Pierce encaram em Sempre você, o terceiro e decisivo livro da trilogia Fixed, publicada pelo selo de entretenimento da Rocco, Fábrica231.

Por maior que seja a  sintonia entre Alayna e Hudson, os dois têm a consciência de que o relacionamento só pode ter futuro se for pautado pela confiança e transparência. Não basta o sexo ser incrível se Hudson não consegue se abrir e esclarecer o que de fato o incomoda em seu próprio passado.

Alayna exige saber do namorado o que o liga a Celia Werner, já que Hudson garante que nunca se envolveu sexualmente e muito menos manteve algum relacionamento com a decoradora. Se não bastasse, Celia passa a seguir Alayna por todos os lados, abalando o frágil equilíbrio da jovem.

Hudson, sempre dedicado, protege Alayna da obsessão de Celia, mas nem todo o apoio do jovem é suficiente para manter a namorada ao seu lado. Principalmente depois que ele confessa que manipular e dominar todos a sua volta sempre foi o seu passatempo preferido.

Promessas quebradas, confiança abalada… mas a habilidade para perdoar e dar uma nova e definitiva chance ao amor é o que move o casal. Não será tarefa fácil, apesar da sintonia e da conexão entre eles.

 

Resenha John e George O Cão que Mudou Minha Vida John Dolan Livro CapaJohn & George: O Cão que Mudou Minha Vida – John Dolan

John & George atesta o que o ditado popular já confirmou: definitivamente, o cachorro é o melhor amigo do homem. No livro autobiográfico, lançamento do Fábrica231, o inglês John Dolan conta como sua vida mudou radicalmente depois de conhecer George, o cão, neste emocionante relato sobre amizade e superação.

A vida de John beirava o insustentável. Ainda jovem, começou a acumular passagens em instituições para reabilitação,  rapidamente substituídas por temporadas em presídios de Londres.  Os roubos se tornaram cada vez mais constantes, e serviam de sustento da dependência química em heroína. 

John passou dez anos desempregado, sem perspectivas e ignorado pela família, até conhecer George, o bull terrier que herdou de um casal de amigos, também moradores de rua. A afinidade entre os dois foi imediata. Afinal, ambos sabiam bem o que era se sentir rejeitado, solitário e inseguro. Pela primeira vez na vida, ele tinha com quem se preocupar. Precisava agir para dar de comer ao cachorro. Graças a George, o “safado”, como John chamava o cachorro, ele voltou a desenhar.

Instalado na Shoreditch High Street, John posicionava George atrás de um copo para que os transeuntes deixassem algum dinheiro. O bull terrier foi incorporado ao desenho e se tornou marca registrada dos trabalhos de John. O traçado detalhado de prédios, feito com uma simples caneta, chamou a atenção de Howard Griffin, o Griff, um marchand representante de vários artistas. 

Daí para frente, matérias e exposições em galerias conceituadas colocaram o nome do John em evidência em Londres, e também no exterior. Foi assim que, em 2013, aos 41 anos, John nasceu novamente, a tempo de compartilhar sua arte e sua incrível trajetória de superação.

 

Resenha Lobos de Loki Série Crônicas de Blackwell Livro 1 K L Armstrong & M A Marr Livro CapaSérie Crônicas de Blackwell: Lobos de Loki (Livro 1) – K. L. Armstrong & M. A. Marr

Lobos de Loki é o primeiro volume da série Crônicas de Blackwell, assinada pela dupla K. L. Armstrong e M. A. Marr. Com carreiras consagradas na literatura fantástica – Armstrong é autora de Darkest Powers e Melissa Marr publicou, entre outras, a série Wicked Lovely – as duas juntam o que têm de melhor para criar uma obra impactante e frenética para o público juvenil, considerada “o Percy Jackson da mitologia nórdica”.

Para Matt Thorsen, o fato de ser um dos descendentes de Thor, o deus do Trovão, não fazia muita diferença. Junto com vários outros descendentes de Thor ou seu meio-irmão, Loki, o garoto levava uma vida normal em Blackwell, pequena cidade em Dakota do Sul.

Matt conhece cada deus, história e detalhes dos mitos nórdicos. Mas conhecer cada lenda é um coisa, acreditar é outra completamente diferente. Quando as runas revelam que o Ragnarok, ou fim do mundo, está próximo, e que Matt deve lutar pelos deuses para evitar o fim do mundo, o garoto tem uma certa dificuldade em acreditar. Afinal, entre todos os Thorsen, Matt é o mais novo e até hoje nunca demonstrou o mesmo potencial dos seus irmãos mais velhos.

Porém, seu avô parece acreditar que o garoto pode cumprir seu destino, e mais: depois da vitória, Matt deve ser sacrificado para o surgimento de uma nova era dominada pelos descendentes de Thor. Agora, Matt sabe que tem de encontrar os outros descendentes e se preparar para a batalha definitiva. Com a ajuda relutante dos primos Fen e Laurie, descendentes de Loki, o jovem parte em uma incrível aventura para salvar o mundo.

Seguindo a linha de Rick Riordan e seu Percy Jackson, K. L. Armstrong e M. A. Marr trazem as incríveis lendas nórdicas para nosso tempo em uma aventura fantástica cheia de surpresas e com personagens cativantes. Um início arrasador para uma saga única.

 

Resenha Trilogia Birthright Na Era do Amor e do Chocolate Livro 3 Gabrielle Zevin Livro CapaTrilogia Birthright: Na Era do Amor e do Chocolate (Livro 3) – Gabrielle Zevin

Em uma Nova York futurista, onde o chocolate e a cafeína são proibidos e uma série de restrições é imposta diariamente à população, Gabrielle Zevin volta ao mundo de Anya Balanchine, a determinada protagonista da trilogia Birthright, que chega ao fim com Na era do amor e do chocolate. Às vésperas de completar 18 anos, a filha de um dos chefões da máfia do chocolate decide se libertar das amarras da empresa de sua família e abrir seu próprio negócio, pondo em risco sua própria vida e a segurança de seus irmãos, unindo-se a um antigo inimigo. Depois de Todas as coisas que eu já fiz e Está no meu sangue, Anya Balanchine continua surpreendendo o leitor com sua força e coragem e entra de vez para o rol das grandes heroínas da atual literatura jovem.

 

Resenha Coleção Espelho do Mundo Caligrafia Silenciosa George Popescu Capa LivroColeção Espelho do Mundo: Caligrafia Silenciosa – George Popescu

Em edição bilíngue (romeno e português) e projeto gráfico atraente, Caligrafia silenciosa apresenta ao jovem leitor brasileiro o melhor da poesia do romeno George Popescu. Com uma obra inspirada na vanguarda ro­mena do século XX, mas renovada dentro de uma fina sensibilidade pós-moderna, Popescu, nascido em 1948, foi escolhido pelo escritor, tradutor e também poeta Marco Lucchesi para abrir a coleção Espelho do Mundo “uma janela do presente, aberta para a criação poética dos quatro cantos do globo, no diálogo entre os povos e na cultura da paz”. Membro da Academia Brasileira de Letras, Lucchesi assina, também para o selo Rocco Jovens Leitores, a curadoria da coleção Memórias do Futuro, que reúne clássicos em prosa inéditos ou pouco conhecidos no Brasil.

 

Resenha A Vítima Perfeita Sophie Hannah Capa LivroA Vítima Perfeita – Sophie Hannah

Em A vítima perfeita, Sophie Hannah arma uma trama complexa envolvendo sentimento de culpa, medo, obsessão, conectados, como tudo mais hoje em dia, aos meandros da internet. Trata-se de um romance criminal que lembra em sua construção, suspense e qualidade estilística as melhores obras de Patricia Highsmith, considerada a maior expoente do gênero.

Naomi Jenkins dedica-se a um trabalho incomum: construir por encomenda relógios de sol nos quais sempre grava frases em latim: “Horas non numero nisi aestivas” (“Eu só conto as horas ensolaradas”). É solteira, mora com uma amiga, e há três anos passou por uma dolorosa experiência, que não quer revelar a ninguém.  Nem sequer a Robert Haworth, o motorista de caminhão que é seu amante, e com quem se encontra todas as quintas-feiras, no mesmo horário, e no mesmo quarto de hotel.

Um dia, Robert não comparece ao encontro e não atende as chamadas de telefone. Desconfiada, Naomi decide procurá-lo. O caminhão está estacionado em frente a casa dele, mas, mesmo assim, ao espiar pelas janelas, ela intui que alguma coisa terrível aconteceu. Sobretudo quando Juliet, a mulher de seu amante, a descobre espionando, e lhe diz, friamente, que as duas, a partir de agora, estarão muito melhor sem ele.

Quando Naomi procura a polícia para registrar o desaparecimento de Robert, entram em cena outros personagens importantes na obra de Sophie Hannah: os detetives Charlie Zailer e Simon Waterhouse, casal cheio de química, e que vive às turras com o inspetor Giles Proust, apelidado Homem de Neve. A agitada Charlie e o circunspecto Simon são protagonistas de uma série de livros da autora, e conferem um tom mais ameno, às vezes francamente engraçado, às tramas mais pesadas dos livros.

Para chamar a atenção, Naomi inventa que o amante é, na verdade, um psicopata sexual. Relata então seu segredo, uma agressão que ela própria vivenciara, com requintes de crueldade e teatralidade, e que estava relatada em um site de ajuda a mulheres que sofreram com abusos sexuais e estupros.

Romance que aborda a relação entre homens e mulheres, sem descuidar do mistério e da intriga, daqueles que não se consegue parar de ler até a última página, A vítima perfeita ainda reserva surpresas e reviravoltas inesperadas. Aos poucos, o leitor vai se dando conta de que todos os personagens estão ligados de alguma maneira – e que todos escondem algum tipo de segredo.

 

Quais desses livros da Editora Rocco vocês vão querer? Comentem aqui embaixo quais vocês gostaram e querem muito ler! Muito obrigado pela atenção e até mais!

Pesquisas recentes:

frase de superação pq vc tá gravida, frases quando vc descobre que esta gravida solteira, livro resenha casal grávido
JP

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.
JP

Últimos posts por JP (exibir todos)

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!