Série A Seleção: A Herdeira – Livro 4

Resenha A Herdeira Kiera Cass Capa Livro Ediotra SeguinteOi, pessoal! Tudo bem com vocês? Lembra que postamos uma foto no nosso Instagram sobre A Herdeira, o quarto livro da série A Seleção, de Kiera Cass? Pois bem, eu tive a honra de lê-lo antes do lançamento e estou aqui para falar um pouco mais sobre o que todos sabemos. 

Decidi fazer de uma forma diferente desta vez. Então segue a sinopse oficial do livro e logo em seguida meus comentários.

Sinopse oficial do livro (traduzida por mim):

Vinte anos atrás, America Singer entrou na Seleção e ela e o Príncipe Maxon viveram felizes para sempre. Princesa Eadlyn sempre achou a história de seus pais romântica, mas nunca quis algo assim para ela. Infelizmente, Eadlyn não pode escapar ao que o destino a traz, inclusive ter sua própria Seleção.

Eadlyn não imagina encontrar amor em algum dos 35 homens selecionados. Porém, quando a competição começa, novas possibilidades podem mudar seu coração e provar que encontrar seu felizes para sempre não é tão impossível como sempre acreditou.

Meus comentários:

Como vocês podem ver, assim como a mãe, Eadlyn no começo não acredita que ser forçada a participar de uma seleção é uma boa ideia. Eadlyn e nossa querida e amada America não tem muitas coisas em comum, apesar de serem teimosas e muito firmes, as semelhanças acabam por aqui, o que é muito bom, se parar pra pensar.

Nossa protagonista é uma mulher de 18 anos predestinada a se tornar rainha por causa de 7 minutos. Oi? O que isso quer dizer? Bem, ela é gêmea, mas nasceu primeiro, o que significa que a coroa é oficialmente dela, e isso a faz com que seja um tanto quanto arrogante quando fala deste assunto para qualquer um, mas tirando isso, ela é engraçada e muito centrada (e muito fashion) o que faz dela uma futura rainha muito boa.

Mas quando se trata do coração, de se deixar levar pelo amor, ela é fria como uma pedra, o que faz disso um desafio para os 35 homens quebrar este gelo em seu coração. No começo ela se mostra irreversível em sua decisão de se apaixonar por qualquer um dos selecionados e faz de tudo para convencer seus pais de que ela só está fazendo isso pelo bem de seu povo e de seu reinado, mas que no fim, não vai escolher ninguém. Até que eles a convencem de ao menos tentar, por isso ela tenta e percebe que se apaixonar por alguém pode não ser assim tão difícil.

Eu gostei muito do livro, tipo muito mesmo. Dos quatro livros da série, este é o segundo melhor, perdendo apenas para o primeiro que é sensacional. O que eu gostei? Bem, no fato de que agora nós temos a visão da princesa, de quem vai selecionar, e não o oposto, podemos ver como é difícil para ela, assim como foi difícil para Maxon, escolher apenas um de muitos, assim como ter de eliminar ou simplesmente expulsar alguém que não agiu de uma boa maneira.

Eadlyn nos faz ver o mundo da realeza e todas suas dificuldades, assim como nos deixa conhecer cada candidato, porque vejam só, na visão de America, apenas tínhamos uma noção de como eram as outras, mas sempre no ponto de vista de uma “concorrente”, já a princesa nos permite ver os selecionados do ponto de vista da selecionadora, o que é muito interessante mas ao mesmo tempo frustrante.

Não teve um momento do livro que eu tenha falado: Sim, é com este que ela vai casar! Não tem como!! Toda hora algum agia de uma forma tão profunda que eu pensava: Será que é ele? Mas também tem aquele outro da vez que ela…Viu só como é frustrante? Até o livro terminar (Sim,vai ter continuação..*me matando de curiosidade em 3,2,1*) eu ainda não soube quem ela iria escolher, juro!! Faço parte de ao menos 4 times: TeamKyle; TeamHenri; TeamErick e TeamHale.

Gostei ainda mais ainda do livro por ter mostrado que sim, Maxon e America continuaram se amando ainda mais intensamente, e também tem Marlee e seus dois filhos que ainda moram no palácio, assim como Lucy e o capitão Leger, e a fofa da irmã da America, May. Eles estão sempre presentes no livro o que é muito legal.

Acho que falei muito, mas é que tenho tanto para falar deste livro, amei amei e amei, odiei o final só porque acabou e eu quero mais (odiei é muito forte, mas eu não queria que o livro terminasse u.u), mas tirando isso o livro é muito bom! A leitura é muito agradável, como sempre, e por isso Kiera Cass é tão fantástica. Mal posso esperar pela continuação e ver quem será o marido de Eadlyn!!

Lembrando que Editora Seguinte fez uma tiragem especial numerada e em capa dura do livro A Herdeira. O livro já está disponível na Saraiva, tanto nas lojas físicas quanto online. Quem quiser ver no site da Saraiva e já garantir o seu é só clicar aqui.

Minha avaliação:

A avaliação de vocês:

 

Podem comentar, compartilhar o post e convidar suas amigas também fanáticas pela série A Seleção para lerem o post =) Obrigadinha,

Compare os preços deste livro clicando aqui
Ou veja o preço na loja de sua preferência:
Cultura Saraiva Submarino
Bruu
Bruu

Especificações Técnicas

Especificações técnicas:

ISBN: 8565765652

ISBN-13: 9788565765657

Idioma: português

Encadernação: Brochura 

Edição: 1ª

Ano de Lançamento: 2015

Número de páginas: 360

Editora: Seguinte

Fonte: Livraria Cultura 

 

Bruu

Bruu

Viciada em leitura, mas apaixonada por números, o ápice da contrariedade. Tem uma queda maior por romances e finais felizes, mas ama as lágrimas que os livros de drama causam. A meta do ano é publicar um livro próprio. A meta da vida é viver e ler, mesmo quando não puder mais.
Bruu

Bruu

Viciada em leitura, mas apaixonada por números, o ápice da contrariedade. Tem uma queda maior por romances e finais felizes, mas ama as lágrimas que os livros de drama causam. A meta do ano é publicar um livro próprio. A meta da vida é viver e ler, mesmo quando não puder mais.

3 comentários em “Série A Seleção: A Herdeira – Livro 4

  • 27 de maio de 2015 em 07:21
    Permalink

    Eu amo os livros da Kiera mais do que tudo!!! Confesso que no começo não gostei muito da Eadlyn por sua arrogância, mas não tem como não se deixar envolver por uma obra da Kiera! Adorei os selecionados, e minhas torcidas batem com as suas, mas óbvio que tem o preferido ;)
    Algo que me deixou bem chateada foi ver que a América conseguiu aprender a ser rainha e está menos autêntica, mas eu ainda a tenho como personagem preferida de toda a minha vida.
    Triste também que acabou o livro e agora não dá para correr na livraria e comprar o próximo, viu ter que esperar =\

    Resposta
  • 28 de agosto de 2015 em 20:26
    Permalink

    Oi sou super fã de A seleção e a agora com esse novo livro eu sou Time Kyle <3 <3
    <3 e gostaria de saber se a continuaçao ja tem data e qual sera o nome do livro.

    Resposta
  • 31 de agosto de 2015 em 13:11
    Permalink

    Oi, Rafa! Tudo bem? O 5º livro da seleção ainda não teve o título confirmado e a data de lançamento nos EUA está prevista para 3 de maio de 2016.

    Resposta

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!