Doce Perdão

Resenha Doce Perdão Lori Nelson Spielman Livro CapaOlá, pessoal! Tudo bem? Bem, olha só minha gente! Gostei tanto do livro A Lista de Brett que fui atrás do outro livro da mesma autora! Para quem não sabe ou não assistiu, A Lista de Brett foi O do Mês do CPL e lá eu conto que amei o livro! Sim, amei e fui atrás de outro livro da autora, pois queria sentir aquele sentimento que me dominou quando li a história da Brett. Mas, porém, contudo, entretanto, infelizmente… não foi igual, não, viu? Vamos lá?

Doce Perdão por Lori Nelson Spielman

Hannah será a nossa personagem principal em Doce Perdão. Ela é uma celebridade em New Orleans, pois lá ela é uma apresentadora de um programa de TV e todos da sua atual cidade gostam dela. Seu namorado é o prefeito da cidade, o mala, Michael Payne. Hannah gosta da sua profissão e ama Michael, sendo o sonho dela se casar com ele e constituir uma família.

Mas nem tudo está sendo mil maravilhas, a audiência do programa está cada dia menor e Cláudia Campbell, outra apresentadora, fora contratada para conseguir aumentar a audiência do programa. Mas é claro que Hannah enxerga isso como uma ameaça, ela pode perder seu posto para essa Cláudia! (Que por sinal também não é uma boa pessoa…) E para piorar, o Michael parece não ter interesse em se casar em um futuro próximo com a Hannah e ainda tem uma filha chamada Abby, que mostra com todo o seu comportamento que odiava a ideia de Hannah ser a namorada do seu pai.

Primeiramente, conhecemos um pouco do dia a dia da Hannah e percebemos o carinho dos seus fãs, pois eles mandam e-mails e ela os responde um a um. No entanto, quando é perguntada sobre o seu passado ou é feita alguma pergunta mais pessoal, Hannah disfarça e não comenta nada sobre o assunto. Tem alguma coisa aí, né? Entre esses e-mails, ela recebe também uma grande proposta de emprego enviado por uma outra emissora para ser apresentadora em um novo programa, mas esta emissora fica na cidade de Chicago, local onde o seu ex-noivo está morando atualmente.

Apesar de Hannah ter gostado da ideia do novo programa, não quer ficar longe de seu namorado. Por isso até dá a ideia para se casar com Michael e irem juntos para Chicago. Mas isso é rejeitado na mesma hora por Michael, apesar de ter gostado da possível promoção de Hannah por ela ter a chance de se destacar mais na televisão. Mesmo não tão feliz com a aprovação que Michel dera para ela, Hannah decide enviar uma proposta de roteiro para poder disputar esta vaga de apresentadora. Mas qual seria a proposta de Hannah? Em seu camarim, ela abre uma gaveta e de lá vem a ideia.

Há dois anos, Hannah recebera de Fiona Knowles uma carta pedindo seu perdão por um fato ocorrido quando ainda eram crianças. E esta carta estava acompanhada de um saquinho com 2 pedras, as “Pedras do Perdão”. Essas pedras acabaram se tornando uma modinha, coisa de momento. É um ciclo que consiste no seguinte: a pessoa que receber essas 2 pedras deve devolver 1 para quem as enviou, simbolizando o perdão, e a outra pedra deve ser enviada para alguém que você tenha ferido e que queira pedir desculpas. Mas quando enviar, deve-se adicionar uma pedra para que a próxima pessoa também consiga passar a adiante pedindo o perdão.

Fiona Knowles, que enviou as ‘Pedras do Perdão’, é a pessoa que fez Hannah sofrer bullying na escola e se tornou a criadora deste “circulo do perdão”. Ela é famosa por escrever livros e participar de programas levando a todos a mensagem de perdoar a si mesmo e aos outros.

Hannah então decide pegar estas pedras que havia guardado há 2 anos, devolver uma delas para Fiona, mesmo ser ter realmente perdoado o que e vai até Dorothy. Dorothy é uma amiga e mãe do seu ex-noivo. Hannah explica para Dorothy o que são aquelas pedras do perdão e a princípio quer pedir perdão para Dorothy por um fato que aconteceu no passado. Mas Dorothy as recusa dizendo a Hannah que não deve perdão nenhum para ela, mas que Hannah deveria enviar as pedras para a sua mãe.

Hannah tem um passado muito delicado e fazia anos que não via mais a sua mãe devido a um acontecimento de quando ainda era criança. Seus pais se divorciaram e Hannah viveu sempre com o pai. Já fazia um tempo que seu pai falecera e ela nunca mais soube de sua mãe. As últimas memórias com ela, aquelas logo após o divórcio, não foram as melhores, envolviam muita mágoa e até mesmo um possível abuso por seu padrasto, Bob. Primeiramente Hannah afirma com absoluta certeza para Dorothy que ela sabia da verdade, mas Dorothy sempre insistia para que Hannah fosse atrás do seu passado para ela mesma verificar o que aconteceu.

Apesar de se arriscar muito, Hannah decide que esta seria a proposta que ela enviaria para a emissora de TV em Chicago para disputar a vaga de apresentadora. É daí em diante que tudo o que parecia verdade é abalado e Hannah não tem mais certeza de nada. A insegurança, medo, vergonha e até o sentimento de culpa faz a nossa personagem descobrir a verdade de seu passado e deixar seu presente de ponta cabeça.

“Doce Perdão” vai tratar de sentimentos muito íntimos que temos, a mágoa e perdão. A verdade talvez não seja a VERDADE verdadeira. Voltar no tempo não é possível, mas talvez seja possível viver o agora conhecendo a realidade. 

Sabe aquela frase “A verdade dói, mas liberta”? Acredito que em Doce Perdão isso é bem exposto e me fez repensar na minha vida. :) No entanto não posso afirmar que gostei do livro. Por isso as minhas 3 estrelas. Achei que a autora deixou no ar e fez pouco caso de pontos delicadíssimos e focou somente no perdão. Fiquei bem incomodada. Se você já leu, por favor, me chame e discuta comigo o que achou! hahahah 

Minha avaliação:

A avaliação de vocês:

 

Há disponível na internet o trecho do livro, então se quiser ler online ou baixar o trecho do livro “Doce Perdão” é só clicar aqui e aproveitar! 

Então é isso gente! Muito Obrigada e até a próxima leitura :)

Compare os preços deste livro clicando aqui
Ou veja o preço na loja de sua preferência:
 Cultura Saraiva Submarino
Lih
Lih

Especificações Técnicas

Especificações técnicas:

ISBN: 8576864142

ISBN-13: 9788576864141

Idioma: português

Encadernação: Brochura

Edição: 1ª

Ano de Lançamento: 2015

Número de páginas: 322

Editora: Verus

Fonte: Livraria Cultura 

Pesquisas recentes:

livro Olá doce
Lih
Lih

Últimos posts por Lih (exibir todos)

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!