3% – Netflix

Oi, pessoal! Tudo bem com vocês? Vim aqui hoje falar sobre uma série da Netflix chamada 3%. Ouvi vários comentários positivos e outros negativos sobre a série e como sou um recente assinante da Netflix, resolvi assistir e ver se a série é ou tão boa ou tão ruim como as pessoas falam.

A história

Trata-se de uma série distópica que se passa em um Brasil devastado, embora o lugar onde a maioria das pessoas vive seja agora chamado de Continente. Em meio a tanta pobreza e falta de recursos, existe uma possibilidade de conseguir uma vida melhor com o Processo.

Ao atingir 20 anos de idade, todo jovem tem direito a participar do Processo uma única vez. Caso passe no Processo, esse jovem deixará de morar no Continente e se mudará para o Maralto, um lugar onde as pessoas podem viver de forma decente com tudo o que precisarem. Caso não passem, permanecerão no Continente, vivendo na miséria.

Acontece que apenas 3% dos participantes do Processo podem passar para o lado de lá. Tudo tem início com uma entrevista e as eliminações já começam aí, selecionando quem merece ou não participar do Processo. Após isso, outras etapas do Processo vão surgindo para eliminar as pessoas que não são dignas de habitar o Maralto e são nessas próximas etapas que a selvageria do ser humano vem à tona.

Existe também um grupo que é contra o Processo, chamado Causa, e pelo o que tudo indica, existe uma pessoa da Causa infiltrada no Processo e o plano dessa pessoa é se vingar por tudo o que o Processo já causou e por acreditar que o Processo não passa de uma armação. Será?

O que eu achei

Achei a ideia da série muito boa, mas confesso que achei a produção bem fraquinha. O mundo futurista criado na série ficou bem falso, você consegue até dizer o material que foi usado para criar aquele ambiente que deveria ter uma aparência sofisticada. A maquiagem de “vivo na miséria, por isso estou sujo” não foi convincente, assim como o figurino com peças que não te passavam uma sensação de que estavam sujas e rasgadas por uso excessivo.

Algumas atuações também ficaram bem forçadas/dramatizadas demais, lembrando o motivo de as pessoas brincarem com as atuações de novelas mexicanas. Os diálogos de algumas situações também poderiam ter sido melhor desenvolvidos pra sair um pouco do clichê. Eram falas prontas e situações típicas. Ser diferente e criativo nessas horas faz toda a diferença para conseguir entreter.

No fim das contas acho que acabo ficando no grupo de pessoas que acharam que a série seria legal e acabaram se decepcionando. A segunda temporada de 3% já foi confirmada, mas ainda não há uma data de estréia. Quem sabe as coisas melhorem, não é mesmo?

Minha avaliação:

A avaliação de vocês:

 

Caso você já tenha assistido essa série, não deixe de comentar o que achou e de avaliar também contando quantas estrelas você dá. Muito obrigado pela atenção, um grande abraço e até o próximo post!

JP

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.
JP

Últimos posts por JP (exibir todos)

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!