A Invenção de Hugo Cabret

Oi, pessoal! Tudo bem com vocês? Bom, vim aqui dar uma atualizada no blog com as minhas leituras e voltar a comentar sobre os livros que eu li porque já faz um bom tempo que eu não paro para escrever alguma coisa por causa dessa correria do dia a dia. Sem mais desculpas, vou tentar colocar os textos em dia e vou começar com A Invenção de Hugo Cabret! Vamos lá!

A história

Bom, aqui vamos conhecer Hugo, um garotinho que mora sozinho em uma estação de trem na França e tem a responsabilidade (secreta) de fazer com que todos os relógios da estação continuem funcionando e marcando corretamente as horas.

Além de manter os relógios funcionando, Hugo também ocupa parte do seu dia tentando consertar o velho autômato encontrado pelo seu pai. O pai de Hugo era um relojoeiro e ensinou algumas coisas para o filho quando ainda era vivo. Ele também trabalhava no museu da cidade e foi lá que encontrou esse autômato.

Um autômato é “um objeto de corda, como uma caixa de música ou um brinquedo, só que infinitamente mais complexo“. Esse que foi encontrado pelo pai de Hugo era um autômato que escrevia, mas ele estava com peças faltando e não funcionava, precisava ser consertado e o pai de Hugo se dedicou a isso.

Hugo não via a hora de ver o autômato funcionando e seu pai se sentida da mesma forma. Ele ficava até tarde no museu tentando consertá-lo, fazendo desenhos em um caderno sobre como era o autômato e as peças que faziam parte dele. Mas uma tragédia fez com que os planos mudassem. Em uma noite um guarda não notou que ainda havia uma pessoa trabalhando no museu e trancou suas portas. Justo nessa noite, houve um incêndio no museu, que infelizmente tirou a vida do pai de Hugo.

Hugo foi morar com o tio na estação de trem. Logo o tio o ensinou a cuidar dos relógios e quando percebeu que o garoto havia aprendido, sumiu na vida, deixando-o sozinho na estação com a responsabilidade de cuidar dos relógios. Hugo não podia deixar que descobrissem que seu tio não estava mais na estação, por isso mantinha os relógios funcionando, para que não houvesse questionamentos.

Como eu disse, Hugo ocupava parte de seu dia tentando consertar o autômato, mas ele não tinha todas as peças, então ele recorreu ao que ele achava ser a única opção: furtar peças e brinquedos de uma pequena loja que existia na estação. Mas Hugo foi pego pelo dono da loja em um dia e é a partir daí que a história vai ganhando um toque misterioso, que vai se desenrolando com várias perguntas e dúvidas, até que somos levados a um final emocionante e cheio de revelações.

O que eu achei

Bom, eu já tinha assistido ao filme antes de ler o livro, então já conhecia a história. Mas mesmo sabendo o desenrolar da história, foi uma experiência ótima ter lido esse livro! Ele é repleto de ilustrações que são simplesmente maravilhosas! O texto é bem tranquilo de ler, bem fluido, que faz a leitura ser natural, sem empecilhos, e muito agradável.

Além das ilustrações, o livro tem uma diagramação que ajuda muito na leitura porque não fica aquela página cheia de palavras beirando a margem da folha. O texto está bem centralizado, com uma fonte em tamanho adequado, assim como o espaçamento entre as linhas, dessa forma temos a sensação de que estamos lendo bastante e, como a história é interessante, fica difícil parar.

Ler este livro é como se o Hugo te pegasse pela mão e fizesse você o acompanhar nessa aventura. Não tem como não gostar dele e torcer para um final feliz depois que vemos tudo o que ele teve que enfrentar sozinho.

O livro tem um clima um pouco diferente do filme, que explorou a história com um toque de comédia e romance por parte do inspetor. Mas tanto o filme quanto o livro são muito bons. Tem uma passagem dessa história que eu acho linda e acho que é uma boa forma de finalizar o post:

“Sabe, as máquinas nunca têm peças sobrando. Elas têm o número e o tipo exato de peças que precisam. Então, eu imagino que, se o mundo inteiro é uma grande máquina, eu devo estar aqui por algum motivo. E isso quer dizer que você, também, deve estar aqui por algum motivo”.

Bom, é isso, pessoal! Espero que tenham gostado. Se quiserem comentar alguma coisa com relação ao post ou ao livro, fiquem à vontade! Muito obrigado pela atenção de vocês, um grande abraço e até o próximo post!

Compare os preços deste livro clicando aqui
Ou veja o preço na sua loja de preferência

    

Especificações Técnicas

Especificações técnicas:

ISBN: 8576752034

ISBN-13: 9788576752035

Idioma: português

Encadernação: Brochura

Edição: 1

Ano de Lançamento: 2007

Número de páginas: 534

Editora: SM

Fonte: Livraria Cultura

JP

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.
JP

Últimos posts por JP (exibir todos)

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!