O Médico e o Monstro

Oi, pessoal! Tudo bem? Vim aqui conversar com vocês sobre o livro O Médio e o Monstro, de Robert Louis Stevenson, contando a história do estranho caso do Dr. Jekyll e Sr. Hyde

A história

A história já começa com um mistério. Temos Gabriel John Utterson, um advogado, conversando com um parente distante chamado Richard Enfield. O tema da conversa é uma porta misteriosa, que faz com que o Sr. Enfield relate um acontecimento que ele presenciou.

Tarde da noite, ele estava voltando para casa, a rua estava deserta, e de repente ele viu, de um lado, um homem baixinho correndo e, do outro, uma criança de mais ou menos 10 anos de idade. O homem e a criança acabaram se chocando e, sem dó nenhuma, o homem pisoteou o corpo da criança.

Depois da confusão que se seguiu por causa desse acontecimento, o homem baixinho e esquisito ofereceu dinheiro pelo silencio da família. A família e o Sr. Enfield acompanharam o homem até a tal porta misteriosa, onde ele entrou e depois saiu com uma quantia em dinheiro e o restante do valor combinado em cheque. Acontece que este cheque estava assinado por uma pessoa respeitada, muito conhecida e frequentemente citada na imprensa. Por que essa pessoa estaria ajudando um criminoso a silenciar um acontecimento tão terrível assim?

O Sr. Enfield se recusou a falar de quem era a assinatura que estava no cheque, mas quando contou para o  Sr. Utterson a identidade do homem baixinho e esquisito, logo ele entendeu quem havia assinado aquele cheque, e isso o preocupou.

Edward Hyde é o nome do estranho que pisoteou a criança naquela noite. Isso fez com que Utterson se lembrasse do testamento do Dr. Jekyll, médico respeitado e conhecido por muitos em Londres. Como advogado de Jekyll, Utterson sabia que o testamento do Dr. (testamento este que nunca fora aprovado por Utterson) deixava todas as suas posses para esse tal de Sr. Hyde, que era um desconhecido. Dessa forma, só poderia ter sido Dr. Jekyll a pessoa que assinou o cheque para o Sr. Hyde. E a pergunta permanece: por quê?

Utterson decide vigiar a tal porta misteriosa para encontrar o Sr. Hyde e por fim conhecê-lo. O que acaba acontecendo. O Sr. Hyde é um homem mirrado, baixinho, magro, muito estranho e esquisito, e existe alguma coisa nele que causa um sentimento estranho nas pessoas, um arrepio, um mal estar, algo do tipo. Sabe-se simplesmente que tem alguma coisa errada.

Utterson chega a conversar com o Dr. Jekyll sobre Hyde, dizendo que o que ouviu sobre o homem é algo abominável, mas Jekyll tenta tranquilizar Utterson, dizendo que está tudo bem e que, na hora que quiser, pode se livrar de Hyde, se precisar.

Um ano se passa e aí uma notícia chega para deixar o Sr. Utterson ainda mais preocupado. Hyde assassinara cruelmente um membro do Parlamento. Utterson confronta Jekyll novamente sobre Hyde e o doutor diz que não quer mais saber de Hyde e que tem certeza de que nunca mais se ouvirá falar nele. Jekyll inclusive tem uma carta de Hyde, a qual ele entrega para o advogado examinar. Seu conteúdo até que deixa o Sr. Utterson tranquilo com relação a seu cliente, até que ele percebe e, com a ajuda de um especialista isso se comprava, a caligrafia de Hyde é quase que idêntica a do Dr. Jekyll. Isso não faz muito sentido. Por que Jekyll forjaria uma carta em nome de um criminoso?

Outros acontecimentos se seguem a partir daí e eu adianto pra vocês que, apesar do que o Jekyll falou, Hyde aparece novamente e o mistério cresce conforme a leitura prossegue para finalmente ser esclarecido no final qual era a relação do Dr. Jekyll com o Sr. Hyde. A gente finalmente entende o porquê Hyde era o “protegido” de Jekyll e como ele achava que tinha tanta certeza sobre o que Hyde faria.

O que eu achei

É um livro muito bom, eu gostei bastante da história. Todo o mistério do Sr. Hyde e a relação dele com o Dr. Jekyll é muito bem explorado. O que estragou um pouco a experiência da leitura foi ter lido a introdução do livro, que simplesmente entregou tudo (no caso dessa edição de Clássicos da Penguin). Todo o mistério que o livro cria estava desvendado e dissecado nos seus mínimos detalhes na introdução. Mas também confesso que ler a história com as informações que a introdução deu fez com que eu tivesse um olhar mais observador, avaliando algumas características que eu não teria percebido se não tivesse a bagagem que a introdução me deu.

Eu não conhecia nada (acredite, nada mesmo) sobre a história do Médico e o Monstro. Obviamente que eu já tinha visto algumas coisas relacionadas com a história, pois ela influenciou muitas outras obras, filmes, peças de teatro e até mesmo desenhos animados possuem referências sobre O Médico e o Monstro. Essa ligação eu consegui fazer após ter lido a história, mas antes da leitura, eu realmente não fazia ideia do que se tratava O Médico e o Monstro.

Acredito que é por isso que é importante conhecer clássicos como este, para que se tenha a possibilidade de fazer essas associações e perceber como algo que foi escrito há tantos anos ainda permanece presente por si só e também em outras referências, às vezes mais discretas e, em outras, mais evidentes.

Minha avaliação:

A avaliação de vocês:

 

É isso, pessoal! Espero que tenham gostado e não deixem de avaliar o livro também, caso já tenham lido também.

Compare os preços deste livro clicando aqui
Ou veja o preço na sua loja de preferência

  

Muito obrigado pela atenção, um grande abraço e até o próximo post!

Especificações Técnicas

Especificações técnicas:

ISBN: 8582850131

ISBN-13: 9788582850138

Idioma: português

Encadernação: Brochura

Edição: 1

Ano de Lançamento: 2015

Número de páginas: 160

Editora: Penguin Companhia

Fonte: Livraria Cultura

JP

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.
JP

Últimos posts por JP (exibir todos)

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!