Que tal fazer algo sobre aquele crush?

A história

Nesse livro a gente tem duas irmãs gêmeas: Molly e Cassie. A primeira coisa que vem na minha cabeça quando eu penso em gêmeos é: duas pessoas iguais. Mas esse não é o caso dessas irmãs. Apesar de serem gêmeas, Molly e Cassie não são parecidas, nem mesmo na personalidade. Enquanto Cassie é mais extrovertida, segura e confiante, Molly se mostra exatamente o oposto disso.

Logo no começo da história, Cassie começa um relacionamento com uma garota chamada Mina, e esse é mais um ponto que diferencia as duas irmãs. Molly nunca teve um namorado. Ela já teve 26 crushes. Meninos que já despertaram algum tipo de sentimento em Molly, mas, por falta de coragem e por medo de receber um fora, ela nunca fez nada a respeito desses crushes. Esse tipo de comportamento fez com que eu me lembrasse da Lara Jean, que gostava de alguns garotos e já estava super namorando com eles na cabeça dela, e quando terminava, escrevia uma carta para colocar um fim no relacionamento fictício.

As irmãs Molly e Cassie sempre fizeram tudo juntas e sempre foram muito parceiras uma da outra, mas, como a gente acaba aprendendo, a vida é cheia de mudanças. E namoros trazem muitas mudanças. Por exemplo, depois que Cassie começou a namorar, ela começou a passar mais tempo com Mina, a namorada dela. E Molly começou a se sentir meio que deixada de lado.

Como é de se esperar, Molly não para no crush 26, podemos dizer que a fila anda =). Mas agora, num misto de pressão pessoal e de terceiros, ela sente a necessidade de fazer algo a respeito disso. E, sem entregar muito sobre o desenvolvimento da história, digamos que ela fica dividida. Mas ela passará por um processo de auto aceitação, que vai ajudá-la a vencer seus medos e obstáculos que, de alguma forma, foi ela própria quem os colocou lá (a gente realmente faz isso, né?).

O que eu achei

Acho que a opinião final é que foi um livro divertido de ler. Eu ainda estava no clima dos livros da Lara Jean, então acho que consegui aproveitar bastante a leitura.

Acredito que muitos leitores vão conseguir se identificar com a Molly, porque eu senti que ela meio que é uma mistura de muitas dúvidas, sentimentos e pensamentos que podem representar várias personalidades. Ela é tímida, insegura, sofre uma pressão que vem dela, da família, da sociedade… E não só por não estar namorando, mas também, por exemplo, por ser gorda. A gente lê no livro algumas passagens em que ela tem que ouvir coisas desagradáveis pelo simples fato de ser gorda; isso acontece em uma festa e até mesmo em casa. E a forma como a personagem evolui durante a história, acredito, acaba plantando uma sementinha na cabeça de pessoas que passam ou já passaram por isso. Além de aproximar o leitor da história, da personagem.

É um livro rápido e divertido de ler. Ele é ótimo para aqueles momentos em que você quer ler vários livros, mas não sabe qual escolher e serve como uma ótima transição entre leituras também. Fica aqui minha dica para vocês, então. Espero que gostem!

Caso você tenha interesse no livro:

Especificações Técnicas

ISBN: 8551002368

ISBN-13: 9788551002360

Idioma: português

Encadernação: Brochura

Edição: 1

Ano de Lançamento: 2017

Número de páginas: 320

Editora: Intrinseca

Fonte: Amazon

JP

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.
JP

Últimos posts por JP (exibir todos)

JP

Fascinado pelo Mundo de Magia e Bruxaria criado por J.K. Rowling e louco pelos romances policiais de Harlan Coben, JP está realizando seu sonho de criar sua própria biblioteca em casa e agora sonha em publicar um de seus vários projetos já iniciados. É apaixonado por livros e deseja passar essa paixão adiante, tocando as pessoas com sinceridade, diversão e cultura.

2 comentários em “Que tal fazer algo sobre aquele crush?

  • 17 de dezembro de 2018 em 17:30
    Permalink

    Quero muito ler, mais preciso ler Simon primeiro. Tenho que tomar vergonha na cara e comprar logo esses dois, pois já até tenho Leah Fora de Sintonia hahaha

    Resposta
    • 20 de dezembro de 2018 em 22:35
      Permalink

      Hahahaha
      Não curti muito quando li Simon pela primeira vez, mas na segunda confesso que o livro me conquistou.
      Aí li o da Molly e gostei também.
      O próximo da lista é o da Leah ;)

      Resposta

E aí? Gostou? Comente aqui o que você achou!